Torrent ganha força, irritação de candidato do Vasco e bronca de Joel por causa de estrangeiros; Veja o que #BombouNoColuna

  • Domènec Torrent ganha força, e Flamengo inicia negociação com treinador

Após o acerto de Carlos Carvalhal com o Braga, de Portugal, e a manifestação de Leonardo Jardim sobre o desejo de permanecer na Europa, o nome de Domènec Torrent ganhou força com o Flamengo, que iniciou as negociações com o ex-auxiliar técnico de Pep Guardiola, para assumir o comando do Rubro-Negro. Conforme informações do Globo Esporte, Marcos Braz e Bruno Spindel agendaram uma nova reunião com o Espanhol, para discutir tempo de contrato e formação da comissão técnica. [LEIA NA ÍNTEGRA]

  • Candidato à presidência do Vasco se irrita com busca do Flamengo por Carvalhal: “Teria muito mais sucesso aqui”

Carlos Carvalhal é o nome preferido da diretoria do Flamengo para assumir o cargo de técnico do Mais Querido. Porém, além do interesse da Inglaterra e de Portugal, um rival carioca demostrou interesse no treinador. Leven Siano, candidato à presidência do Vasco, sonha desde abril deste ano com Carvalhal vestindo as cores do cruzmaltino. Em entrevista ao jornal ‘Extra’, o advogado aproveitou para alfinetar o Rubro-Negro, lembrando que o Vasco sondou Jorge Jesus antes do Mister acertar com o clube.

– O Flamengo não é um clube que tem muita originialidade, sempre imita o vascaíno. Foi primeiro com o Jorge Jesus, agora com o Carvalhal. Acho que ele teria muito mais sucesso no Vasco, ele tem perfil para estar aqui. No Flamengo, vai encontrar um time de futebol já montado e com muitas estrelas. Aqui, ele vai participar da construção de projeto. Não é um teco-teco em pleno voo. Cabe a ele escolher o melhor para a vida dele. [VEJA AQUI]

  • “Agora todo mundo lá fora é dono da cocada e os daqui não valem nada”, diz Joel sobre técnicos estrangeiros

Desde que Flamengo resolveu investir no chileno Reinaldo Rueda ainda em 2017, muitos treinadores brasileiros questionaram a preferência por um estrangeiro. Primeiro, Jair Ventura, ex-treinador do Botafogo e Santos. Para ele, a escolha de treinadores de fora tira o espaço dos técnicos locais. [CONFIRA TODOS OS DETALHES]

LEIA TAMBÉM: