Flamengo adquire aparelho de última geração para avaliar, testar e recuperar jogadores de lesões

FOTO: DIVULGAÇÃO

Por: Aguinaldo Junior e João Pedro Granette

O Flamengo tem se tornado referência médica no Brasil. Em 2019, atletas lesionados retornaram em tempo recorde e impressionaram a todos, inclusive profissionais de outros clubes. O Rubro-Negro continua buscando evoluir no quesito e, para isso, adquiriu um aparelho de última geração, NordBord, visando propor os melhores cuidados ao elenco.

O intuito do Flamengo não é apenas curar os atletas de lesões, mas também as evitá-las. Este aparelho ajudará substancialmente o departamento médico e fisioterápico do clube. NordBord avalia e testa a força dos músculos posteriores da coxa, detectando um possível desequilíbrio muscular, comparando assim a força da perna direita com a da esquerda. Fisioterapeuta do Fla, Fabiano Bastos comentou sobre a nova aquisição do Rubro-Negro.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


As lesões na posterior de coxa são muito comuns no futebol e geram um afastamento significativo dos atletas das atividades. Com nosso calendário apertado, pouco tempo de descanso, a probabilidade deste tipo de lesão fica ainda maior. Então fizemos mais este investimento para seguirmos concedendo o melhor atendimento possível aos atletas e permitindo que sigam trabalhando em alto nível -, explicou Fabiano.

NordBord será usado nos processos de avaliação e recuperação dos atletas, indicando as necessidades de evolução e adaptação do trabalho individual depois da fisioterapia. O aparelho é ligado a um computador que dá, em tempo real, todas as informações necessárias sobre o jogador. A partir disso, no próprio equipamento, será possível estabelecer um cronograma de exercícios visando o desenvolvimento de força e, automaticamente, diminuindo o risco de lesões.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *