“Futebol não é acender e apagar a luz. Precisamos de tempo e de treino”, diz Domènec sobre Fla

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

O Flamengo enfrentou o Grêmio, nesta quarta-feira (19), e o jogo terminou empatado em 1 a 1. O desempenho da equipe não agradou boa parte dos torcedores, que criticaram o treinador Domènec Torrent. O catalão, no entanto, pede calma à torcida.

Em entrevista coletiva pós-jogo, Domènec voltou a falar do pouco tempo que a equipe tivera para treinar. O treinador apontou a sequência de jogos, que acaba gerando poucas oportunidades para o time trabalhar e buscar assimilar as ideias de Dome.


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


Eu não sei (o tempo para time estar em alto nível). Porque vamos treinar muito pouco. Viajamos e jogamos. Futebol não é acender e apagar a luz. Precisamos de tempo e de treino. Estivemos voando por cinco dias. O treino é recuperação, um pouco tático, e jogo. Não é fácil compreender tudo isso. Mas precisamos de tempo -, disse, antes de prosseguir:

Na competição, você joga a cada dois, três dias. Precisamos treinar fisicamente, tecnicamente bem. Não sei dizer com exatidão quando vamos jogar perfeitamente. Quero jogar perfeitamente no próximo jogo, mas estamos jogando uma competição que não é normal. Não só aqui no Brasil, mas no mundo. Temos uma torcida especial, uma das melhores do mundo. Com a torcida somos muito mais fortes. A torcida, só por ela, ganha sete, oito pontos por ano. Esta temporada é muito especial para todos. Não posso dizer com segurança que vamos jogar muito bem em 10 dias, porque precisamos de tempo. Não é desculpa, mas é uma realidade. Não estamos treinando -, encerrou.

O Flamengo volta a campo no domingo (23), em clássico contra o Botafogo. O duelo será disputado no Maracanã e terá início às 11h (horário de Brasília). O confronto é válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro ocupa a 16ª posição na tabela, com quatro pontos, enquanto o Alvinegro está em sétimo, com cinco.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Bom!
    Os dirigentes precisam entender que o Flamengo é um avião pronto pra decolar, não um projeto em fase de construção!

    Para isso é necessário partir do princípio: se eu tenho um avião pronto eu preciso contratar um comandante experiente para pilota-lo!
    Se eu tenho um projeto ainda em fase de construção eu posso contratar um piloto de teste pois o custo será menor, uma vez que o projeto está engatinhando ainda e par finalizá-lo demanda tempo. Mas essa opção não se encaixa ao Flamengo, pois assim como o avião já pronto precisa de um comandante experiente para manusea-lo, o time precisa de um treinador experiente para comandar a máquina que tem na mão!
    Pois com um time já montado o tempo vira inimigo para quem precisa aprender a pilotar ainda, o custo será mais alto do que levantar um time desmantelado!

  • O time já estava uma draga nas finais do Carioca contra o Fluminense. Aliás, o Flamengo não repetiu as atuações do ano passado em nenhum momento esse ano. Agora o time perdeu treinador, ficou dias sem treinar direito, perdeu condicionamento físico e o novo treinador não conseguiu dar nem dez sessões de treinamento ainda. Culpar o Doménec pelas atuações ruins é simplesmente BURRICE! O próprio Jorge Jesus chegou ao Flamengo, ficou uns 20 dias treinando direto na parada da copa América, e ainda assim levou pelo menos 8 jogos até ter um futebol convincente. Ainda bem que a diretoria é competente e vai saber conduzir a situação, porque se depender de uns torcedores por aí o Flamengo estaria lascado.

  • O Fla está perdendo tempo com posse de bola, que não ganha jogo. Há 2 anos não marcamos um gol de falta, não chutamos de fora da área e nem tentamos infiltrações frontais para ganhar faltas. Só “chuveirinho” não vai ganhar porra nenhuma. 90% desses levantamentos são rechaçados pela defesa adversária.

  • Sim é verdade, mas seguir a filosofia de esquema táticos vencedor tbm é um bom senso, então porque nao seguir e ir aos poucos mudando taticamente o time, porque tem que deixar um padrão vencedor de lado e implantar um padrão que não se pode colocar de imediato em jogo. Incompetência ou burrice, futebol brasileiro é muito contato tem que pensar rápido, não é igual ao europeu que deixa jogar, pense nisso.

  • Felisardo. O Domenec o time é o mesmo do ano passado, não tem desculpa de tempo. Falta sangue, intensidade. Se não sabe o que é Flamengo pede logo pra sair…

  • O Flamengo está mal no campeonato brasileiro até agora, mas não há mágica que faça o time voltar ao ano dourado de 2019 de uma rodada para outra. O sucesso meteórico de JJ, que montou uma seleção em 6 meses, dificilmente vai acontecer de novo com outro treinador que vier substituí-lo. Talvez o Carvalhal, o Leonardo Jardim ou o Marcos Silva conseguissem um início melhor que o Dome, mas eles preferiram ficar na Europa. O Miguel Angel também precisaria de tempo para implantar seu padrão de jogo. Torço para que o time comece a assimilar o padrão tático do Torrent já no próximo domingo. Estamos a apenas 5 pontos da liderança e faltam ainda 34 rodadas. Temos time para sermos campeões. Não vejo ninguém até agora invencível. O Atlético-MG, por exemplo, tem uma defesa muito frágil.