Sem marcar após a volta da paralisação, Gabigol enfrenta sua maior seca no Flamengo

FOTO: REPRODUÇÃO/FERNANDO MORENO/AGIF

Por: Guilherme Calvano

Gabriel Barbosa é sinônimo de gol. O camisa 9 do Flamengo soma 54 tentos em 73 jogos com a camisa rubro-negra. Foi artilheiro do Campeonato Brasileiro (2019), Libertadores (2019) e Campeonato Carioca (2020). No entanto, o herói do título em Lima passa por sua maior seca de gols desde que chegou ao Mais Querido.


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


Para se ter uma noção de como a média e a passagem de Gabigol pelo Flamengo é algo fora do normal, a tal ‘maior seca’ do artilheiro no clube é de apenas 5 jogos sem marcar. A sequência é a mesma de quando estreou pelo rubro-negro no início de 2019, contudo o período do centroavante em campo é maior. Em síntese, ele não balança as redes desde a vitória contra o Barcelona de Guayaquil, pela Libertadores, o que equivale a 495 minutos sem marcar (excluindo os acréscimos). Comparando com sua primeira ‘seca’, no início do ano passado ficou 368 minutos sem anotar.

A saber, é importante salientar que na volta da paralisação o camisa 9 ainda não deixou o seu. Porém, o que tem se observado é o faro de assistente que Gabigol vem desenvolvendo, afinal foram nove passes para gol em 2020. Desse modo, a torcida espera que com Domènec Torrent, o ídolo mantenha esse seu senso de servir os companheiros e volte a fazer o que mais gosta: gols.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *