Pacaembu anuncia arena de eSports em projeto de revitalização do complexo esportivo

FOTO: DIVULGAÇÃO

Os eSports têm, cada vez mais, ganhado espaço no Brasil. Com o crescimento da popularidade das diversas modalidades em disputa, a concessionária que administra o Pacaembu anunciou que o estádio contará com uma arena para receber eventos de esportes eletrônicos após as reformas. A notícia foi divulgada durante a apresentação do plano de revitalização do estádio, localizado em São Paulo.

A novidade vem após uma parceria entre a BBL, holding de entretenimento focada no universo gamer, e a Allegra Pacaembu, consórcio que administra o estádio, um dos mais tradicionais do país. São esperados mais de R$ 95 milhões em investimentos na reforma, que tem previsão de inauguração em 2023.


Assista a Barcelona x Flamengo ao vivo e online


No entanto, o projeto inclui uma estrutura provisória na área onde ficará o campo de futebol do complexo para receber eventos de eSports a partir de 2021. A inauguração dessa estrutura tem previsão de ocorrer no dia 21 de abril do ano que vem, data em que o estádio completará 81 anos de existência.

A arena será a maior dedicada a partidas competitivas de esportes eletrônicos do mundo, com aproximadamente 3 mil metros quadrados. Quando estiver concluída, ela terá capacidade para receber até 100 jogadores profissionais, além de um público de até 2 mil pessoas.

De acordo com o comunicado divulgado pelos administradores do complexo esportivo, o local contará com 482 metros quadrados de painéis de LED, abrindo a possibilidade de múltiplas partidas serem disputadas simultaneamente. “O que nós queremos é que o Pacaembu volte a ser os holofotes da cidade”, destacou Eduardo Barella, CEO da Allegra Pacaembu.

No vídeo do anúncio, o apresentador Willian “Gordox” Rodrigues; os jogadores profissionais de League of Legends, Felipe “brTT” Gonçalves e Júlia “Mayumi” Nakamura; Nicolle “Cherrygumms” Merhy, CEO da organização Black Dragons; e o influenciador digital do Free Fire, Bruno “Nobru” Goes, foram anunciados como embaixadores do projeto.

Veja também