Jornalista detona maratona de jogos e defende jogadores do Flamengo: “Não são máquinas”

FOTO: DIVULGAÇÃO / CONMEBOL

O Flamengo empatou em 1 a 1 com o Red Bull Bragantino, na quinta-feira (15), pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro, no entanto, entrou em campo exatamente 48 horas depois de vencer por 2 a 1 o Goiás, na terça (13). Com um time modificado e com atletas exaustos, o Mengão não conseguiu se sair vitorioso, e o jornalista João Pedro Granette saiu em defesa dos comandados de Domènec Torrent.

A Confederação Brasileira de Futebol tentou esclarecer a polêmica sobre o curto intervalo entre os jogos do Flamengo. No programa Resenha, do Coluna do Fla, Granette questionou a decisão da CBF e afirmou que os jogadores não são máquinas para entrarem em campo ainda exaustos de uma partida há poucos dias.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


É desumano. A CBF alegou que o Flamengo podia sim jogar no intervalo de 48 horas, só que eles não pensam no conceito, qual o intuito deles? Porque não tem condições para os jogadores. O Dome até tentou segurar, mas o Flamengo sofreu muito com o cansaço. Não dá para culparmos 100% o Dome por conta desse fator (cansaço). ‘Os caras ganham muitos’, ok, mas também não são mágicos, são seres humanos e é complicado uma sequência puxada -, disse o comentarista.

Desta vez, o Flamengo entrará em campo com um intervalo de, pelo menos, três dias. O Rubro-Negro encara o Corinthians, na Neo Química Arena, neste domingo (18). O duelo está marcado para ter início às 16h (horário de Brasília) e é válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

ASSISTA AO PROGRAMA NA ÍNTEGRA:

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Alguns torcedores do são babacas mesmo, crítica o técnico por ele poupar jogadores que estão com risco de lesão e ele está pensando no campeonato e não ganhar só uma partida, pedem os jogadores da base como se eles pudessem ganhar um brasileiro, libertadores, copa do Brasil, jogadores da base não é solução, flamengo gastou milhões para contratar os melhores jogadores a pedido da torcida e alguns babacas criticam o técnico por colocar esses jogadores, torcedores não conhecem nada de fisiologia

  • FAZEMOS DESBLOQUEIIO DOS CANAIS PREMIERE, TELECINE, HBO, COMBATE E CANAIS ADULTOS PARA ASSINANTES DE TV POR ASSINATURA DE QUALQUER LUGAR DO BRASIL E TAMBEM REDUZIMOS O VALOR DA FATURA
    SÓ PAGA DEPOIS QUE O SERVIÇO FOR FEITO
    WHATSAP 11967425209

  • Botar a culpa nos jogos é simplesmente tapar o sol c a peneira, é simplesmente tentar esconder uma solução p o problema.

  • E o técnico? Dome jogou, também? Muito pelo contrário… ele não se cansa!… Mas, só de fazer eme. Não está sabendo interpretar, não está mexendo, certo, como deveria. Uma mexida só errada do técnico pode acabar com um time, ou seja, com o ânimo dos seus jogadores. É o q dome só tem feito. Começa (escalando) mal e depois ainda quebrar mais o time, o entrosamento propriamente dito. O time vira uma bagunça! O time perdendo e querendo reagir… ai vem um cara na lua e queima o fio de esperança. Desmontar a prática e o psicológico. Daí no final da-se a impressão q o time está cansado e zonzo. Nada disso! Nessas horas em q o técnico tem q mostrar q é capaz, os piores, mostram a realidade: que não passam de aprendizes ou enroloes.

  • tem torcedor que so sabe criticar não emtede de outra coisa nen peladeiro aguenta jogar duas uo tres vez por semana ninguem e de aço

  • Tantos jogadores PR esse aprendiz de técnico colocar . Aí vem com a zaga thuller e Léo Pereira era PR ter era perdido. Cadê os meninos da base . Noga e Vinícius. Cadê o Guilherme bala o técnico e fraco e se continuar com ele o Flamengo não ganha mas nada esse ano

  • Quer encontrar uma mulher para uma noite? Bem – vindo ao — S︆︆e︆︆xc︆︆o︆︆n︆︆t︆︆.︆︆C︆︆o︆︆m