Com assistência contra o Coritiba, ‘garçom’ Isla lidera estatística no Brasileirão

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

O Flamengo venceu o Coritiba neste sábado (21), por 3 a 1, no Maracanã. Com o resultado, o Rubro-Negro quebrou uma série de quatro jogos sem vencer no Brasileirão, e ganhou alento para o restante da competição. O Mais Querido ainda convive com desfalques, mas o lateral Isla, que retornou contra a equipe paranaense, teve boa atuação. Dito isso, com a assistência para o gol de Arrascaeta, o chileno alcançou cinco passes para gol, marca que lidera o campeonato.

Desde que chegou, Mauricio Isla tem dado conta do recado na lateral. Contratado para substituir Rafinha, que foi para o futebol grego, o chileno se entrosou rapidamente com a equipe, principalmente com Everton Ribeiro. Em suma, é pela direita que grande parte das jogadas de ataque passam, com triangulações rápidas e precisas. A quinta assistência do experiente jogador levou ao empate na liderança da estatística, com Giovanni Augusto e Thiago Galhardo, de Coritiba e Internacional, respectivamente.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Além disso, o retorno de Isla ao time titular chegou em um momento muito oportuno. Sempre presente nas listas da convocação de sua respectiva seleção, o lateral desfalcou o Mais Querido por três partidas: duas derrotas e um empate. Apesar de dar bom apoio, o reserva Matheuzinho não tem o mesmo entrosamento do chileno no setor e este pode ser um fator decisivo na partida contra o Racing. O atleta teve boas atuações na Libertadores, e deve ser o dono da posição no confronto.

O Flamengo, de Mauricio Isla, enfrenta o Racing nesta terça-feira (24), às 21h30 (horário de Brasília), no Estádio Presidente Perón, em Avellaneda. A equipe argentina já apresenta quase dez desfalques para a partida, e o Mais Querido pode dar um passo importante já na ida. A partida será exibida pelo SBT, porém o Coluna do Fla traz a transmissão mais rubro-negra da internet, no Youtube.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Esse Isla não faz lançamentos e sim passes, tamanha é a precisão. Também temos que entender que ele não tem velocidade, portanto, aquele setor tem que ter cobertura assim como foi na era JJ. Rafinha tbém não tinha pique mas tinha a cobertura de um volante e outro jogador na sobra. Assim qdo o adversário era um velocista, raramente ele ficava sozinho para interceptar.

  • Quer encontrar uma mulher para uma noite? Bem – vindo ao — S︆︆e︆︆xc︆︆o︆︆n︆︆t︆︆.︆︆C︆︆o︆︆m

  • Isla é bom jogador, mas precisa parar de fazer lambança próximo ao gol do Flamengo, que contra o Curitiba quase deu um gol, para o adversário. Num dos jogos passados fez uma lambança que fez o Flamengo tomar um gol.