Comentarista exalta Ceni e rebate julgamentos a treinador: “Onde estão os críticos dele?”

FOTO: MARCELO CORTES/FLAMENGO

O Resenha ao vivo, o programa diário do Coluna do Fla, no Youtube, às 20 horas, debateu sobre a atuação do técnico Rogério Ceni na vitória por 2 a 1 sobre o Corinthians neste domingo (14), pela 36ª rodada do Brasileirão.


Apoie o Mengão! Camisa e outros produtos oficiais em promoção


Para o comentarista Giuliano Consenza, as mudanças táticas implementadas por Rogério Ceni no intervalo da partida foram determinantes para que o Flamengo conquistasse os três pontos e continuasse vivo na luta pelo título.

Mais uma vez o Ceni ganhou o jogo no intervalo. Mais uma vez uma mudança tática do Rogério faz o Flamengo ganhar o jogo. Eu quero ver onde estão os críticos dele que dizem que ele não sabe fazer leitura de jogo por causa de uma substituição ou outra. Ontem (Domingo), ele tirou o Bruno Henrique mais do centro e jogou nas costas do Fagner, trazendo o Arrascaeta para o meio. Foi assim que o Flamengo ganhou o jogo.

— O Flamengo começa o jogo muito bem, tendo várias chances, abre o placar, teve oportunidade de aumentar o placar. No primeiro ataque do Corinthians, a zaga falha, o Arão deu mole no gol, mas foi uma falha geral também porque o jogador entra sozinho. O Flamengo sente o gol. No intervalo, Rogério faz essa mudança tática, o Bruno Henrique começa a cair pelo lado esquerdo e todas as jogadas de perigo foram por aquele lado. Pra mim, o craque do jogo junto com o Bruno Henrique, foi o Rogério —, encerrou.

Veja o Resenha desta segunda (15) e deixe a sua opinião:

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Uma coisa tem que ficar bem clara, o Flamengo está disputando o título Graças ao Rogério ceni, senão fosse ele o Flamengo já teria sido campeão

  • É fato que Ceni não tem experiência, é fato que já fez muitas substituições erradas e que
    abraçou os jogadores, isso é visível não se pode contestar, mas 3 coisas o Ceni conseguiu e
    isso também é visível, UMA deslocou o Arão pra zaga e deu certo,DUAS insistiu com Gustavo
    Henrique e o jogador adquiriu segurança e TRÊS, no momento dos gols Arão e Gabigol
    foram direto abraçar o treinador, hoje eu penso que mesmo inexperiente e falhando em
    alguns jogos, se o flamengo for campeão, a diretoria dificilmente vai dispensar o Ceni.

  • Uma coisa precisa ficar claro, se o Flamengo está na colocação que está hoje, não se deve a Rogério Ceni, mas sim a qualidade do nosso futebol hoje mediocre, onde os adversários são ben piores que ele e ao elenco qualificado que possui para o qual investiu pesado e a individualidade de seus atletas em determinados momentos prevalecem em campo. Não vamos querer iludir o torcedor que essa posição na tabela de classificação se deve a este treinador amador, pode até ser campeão brasileiro, mas não está convencendo ninguém, precisa urgente de um treinador, experiente, moderno, vencedor e que saiba lidar com um grupo estrelado como do flamengo e passe confiança ao grupo e ao torcedor.

  • Magalhães, você quis dizer “era dos técnicos amadores”, né?

  • Em quanto ele tiver colocando Vitinho e Michael vai ser criticado

  • Acabou a era dos técnicos brasileiros já faz anos! Não adianta! Coloquem isso na cabeça!

  • Eu sou um crítico dele e contnuo achando que ele deve sair, se em um jogo as substituições dele deram certo em todos os outros deram errado. Um dia será um grande treinador, mas ainda é outro estagiário começando de cima para baixo, Flamengo é muito time para ele e o que menos gosto é paneleiro.