Herança negativa de Dome, Braz responde presidente do Corinthians e bravatas do Inter sobre arbitragem; veja o que #BombouNoColuna

  • ‘Herança’ negativa deixada por Dome pode prejudicar o Fla a duas rodadas do fim do Brasileirão

O Flamengo chegou à reta final do Campeonato Brasileiro com chances significativas de ser campeão. Com 68 pontos, o Rubro-Negro encara o Internacional, atual líder, na 37ª rodada. Como a distância é de apenas um ponto, o Fla assume a liderança em caso de vitória no duelo. Com a briga pelo título sendo disputada por detalhes, uma ‘herança negativa’ deixada por Domenec Torrent pode prejudicar o Mais Querido: o saldo de gols.


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


Quando saiu do Flamengo, Dome deixou a equipe na terceira posição do Brasileirão. Apesar disso, a defesa era um ponto que destoava: foram 29 gols sofridos em 20 jogos. Sendo assim, mesmo com o melhor ataque da competição, o Fla ficou atrás do Internacional no saldo de gols. Depois da saída do catalão e chegada de Rogério Ceni, o clube da Gávea teve sua zaga vazada por 16 vezes em 16 jogos, conseguindo assim uma maior regularidade. [LEIA NA ÍNTEGRA]

  • Após reclamação de presidente do Corinthians, dirigente do Flamengo responde: “Tem todo o direito de falar”

O gol da vitória do Flamengo sobre o Corinthians, marcado por Gabigol, no último domingo (14), rendeu declarações do presidente adversário com ameaça de protesto na CBF e pedidode áudios e imagens do VAR para verificar a linha traçada no lance. Em entrevista coletiva nesta terça, o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, minimizou a fala, mas disse também que não se pode ir contra a tecnologia. [VEJA AQUI]

  • “Falta decoro e sobra bravatas do presidente do Internacional”, dispara comentarista

O Resenha ao vivo, o programa diário do Coluna do Fla, no Youtube, às 20 horas, debateu sobre a resposta que o vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, deu ao presidente do Internacional, em coletiva realizada nesta terça (16). O dirigente colocou em dúvida a marcação do gol de Gabigol, na partida contra o Corinthians, do último domingo. [CONFIRA TODOS OS DETALHES]

LEIA TAMBÉM:

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *