“Tem todas as possibilidades de repetir o feito daquele time de 2009”: ex-jogador aposta no título do Flamengo

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Na reta final do Campeonato Brasileiro, o Flamengo enfrenta o Corinthians, no Maracanã, às 16h (horário de Brasília), pela 36ª rodada. Atualmente, o Rubro-Negro ocupa a segunda colocação com 65 pontos, um atrás do líder Internacional. Como ainda há um confronto direto, as equipes dependem apenas de si para conquistarem o título. O Mais Querido se inspira na arrancada de 2009 e espera ter um final feliz.

Zé Roberto, um dos jogadores importantíssimos no hexacampeonato do Flamengo, vê o clube carioca com ‘plenas condições’ de vencer o duelo contra o Corinthians e seguir vivo na briga pelo título do Brasileirão.

– É uma reta final de campeonato que você não tem como tropeçar. O Flamengo tem plenas condições de ganhar do Corinthians, mas não tem jogo fácil. O Corinthians ainda brigando por Libertadores. Com a chegada do Vagner Mancini a equipe se ajeitou. Será um jogo difícil, como todos daqui para frente. Mas comparando os dois times, principalmente se o Flamengo estiver num dia bom, não tenho dúvidas de que o Flamengo vai conseguir vencer o jogo – em entrevista ao Globo Esporte

Além disso, o ex-jogador comentou a semelhança da temporada atual com a temporada de 2009. Para Zé Roberto, o diferencial é a torcida. Isso porque, no hexa, a Nação Rubro-Negra é apontada como uma das principais responsáveis pela ascensão do Flamengo e, em 2020, por sua vez, devido à pandemia de Covid-19, não é permitido o público nos estádios.


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


– Acho que são duas equipes diferentes, gerações diferentes, mas de muita qualidade, tanto a de 2009 quanto a de hoje. A qualidade dos times se parece muito. Até as campanhas. Naquele ano, em momento nenhum nós estivemos na liderança, só fomos líderes na penúltima rodada. Também tropeçamos em jogos importantes, como contra o Goiás, quando empatamos com o Maracanã lotado. Mas nos confrontos diretos nós tivemos êxito. Tem todas as possibilidades de o Flamengo repetir o feito daquele time de 2009. E estamos na torcida – e completou:

– Eu sempre falo com meus amigos que essa oscilação do Flamengo na temporada é falta do torcedor. A torcida do Flamengo joga junto com o time e o jogador sente muito isso. Em 2009, foram essenciais no Maracanã. Nos jogos fora de casa, a torcida sempre comparecia. Não tenho dúvida que está fazendo muita falta. Com certeza, se estivesse tendo público normalmente nos jogos, a campanha do Flamengo seria muito mais sólida. Principalmente em casa, o Flamengo perdeu pontos que não costuma perder.

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *