“Uma das maiores vergonhas dos últimos anos”: dirigente do Inter dispara contra arbitragem e promete ir à CBF

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Na tarde deste domingo (21), Flamengo e Internacional se enfrentaram em jogo válido pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida, considerada a ‘final antecipada’ da competição, teve vitória do Mais Querido por 2×1, de virada. Apesar do bom jogo apresentado pelas equipes, o que ganhou os holofotes foi a arbitragem, muito criticada pelos dirigentes do Colorado, que ameaçam ir à CBF para questionar as decisões.

ASSISTA AOS GOLS DA VITÓRIA DO FLAMENGO:

A partida foi apitada por Rafael Claus, de São Paulo, e teve uma expulsão no Internacional no início da segunda etapa. Após entrada mais dura em Filipe Luís, o lance, revisado pelo VAR, foi motivo de cartão vermelho e expulsão de Rodinei, lateral-direito do time gaúcho. A decisão da arbitragem, no entanto, não agradou ao vice-presidente do Inter, João Patrício Hermann, que rasgou o verbo em entrevista.

Quem estava aqui no estádio viu uma das maiores vergonhas dos últimos tempos. O Inter foi surrupiado. O árbitro mudou o critério que estava adotando nos últimos jogos. Está rolando na internet. É uma vergonha. Os jogadores do Flamengo disseram aos nossos. O Filipe Luís disse que não era para vermelho. Amanhã vamos à CBF. Ficaremos mais atentos ainda. Tivemos um sinal muito grande contra o Vasco. O presidente chamou atenção do público e hoje fomos prejudicados de uma forma absurda – disse.

 


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!

 


Com a vitória, o Flamengo chegou aos 71 pontos, assumiu o topo da tabela e só depende de si para ser campeão brasileiro. Para isso, o Rubro-Negro precisa vencer o São Paulo, no Morumbi. Atual campeão do torneio, o Mais Querido volta aos gramados na próxima quinta-feira (25), para disputar a grande final da competição.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • A CBF tem que pedir o vídeo da declaração do Dourado, quando foi entrevistado pelo mala do repórter da Sportv fazendo a mesma pergunta sobrê a expulsão de Rodinei no português claro chamou o juíz de ladrão.
    Se eles tivessem escutado nesse caso o juíz falar para os jogadores do Flamengo que ia fazer isso, tudo bem do contrário é pura HIPOCRISIA.