Mauricinho rasga elogios a Natan e Noga: “Entendem a responsabilidade de defender a camisa do Flamengo”

FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM NATAN

Neste sábado (06), o Flamengo venceu o Macaé por 2×0, em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Após mais uma boa atuação da dupla de zaga rubro-negra, formada por Natan e Noga, o Mengo garantiu mais um triunfo sem sofrer gols, e a segurança passada pelos Garotos do Ninho foi muito elogiada por Mauricio Souza, técnico do sub-20.

– Primeiro que são dois baita jogadores, extremamente profissionais, que estão buscando o espaço deles, extremamente concentrados, que entendem a responsabilidade de defender a camisa do Flamengo, extremamente competitivos e que seguem à risca o que temos planejado. Simplificam o jogo, são fortes na bola aérea, são fortes no jogo por baixo. São dois jogadores que no futuro próximo estarão dando alegria para os torcedores do Flamengo -, disse.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Devido às férias do time principal e do treinador Rogério Ceni, os Garotos do Ninho, comandados por Mauricinho, estão disputando o Campeonato Carioca. Com a oportunidade de mostrar o seu futebol e tentar uma vaga entre os profissionais, os Crias da Gávea fizeram bonito e conquistaram duas vitórias em dois jogos disputados.

ASSISTA AOS GOLS DA VITÓRIA DO FLAMENGO:

Apesar do triunfo sobre o Macaé, o Flamengo não tem tempo a perder e precisa iniciar os treinamentos focados no próximo desafio: o clássico contra o Fluminense, que acontecerá no domingo (14), às 18h (horário de Brasília), no Maracanã. Com Natan e Noga à disposição, o Mais Querido vai em busca da terceira vitória no torneio para continuar trilhando um vitorioso caminho rumo ao 37º título estadual.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Vendo o Natan, o Noga e o Ramon jogarem fica a pergunta: por que tanta má vontade com esses jogadores de alguns treinadores do Mengão? Rogério Ceni, por exemplo, sacou o Natan no meio de um jogo do Brasileirão para queimar o garoto porque ele perdeu uma bola na intermediária ao tentar dar um drible( a jogada não terminou em gol do adversário). Por outro lado, já perdi a conta de quantos gols Gustavo Henrique e Léo Pereira entregaram para adversários do Mengão e continuaram a ser escalados.