Ausência de Rodrigo Caio ‘frusta’ Flamengo de enfrentar Volta Redonda com força máxima

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Em busca de mais um título na temporada de 2021, o Flamengo se prepara para enfrentar o Volta Redonda no próximo sábado (24), pela última e decisiva rodada da Taça Guanabara. Com a intenção de mandar a campo ‘força máxima’, o técnico Rogério Ceni não poderá, novamente, contar com Rodrigo Caio.

O zagueiro voltou a sentir um incômodo muscular na coxa direita e deve ser desfalque na partida, conforme informações divulgadas pelo jornal ‘O Dia’. Caso a ausência do camisa 3 se confirme, os planos do Fla de encarar o Voltaço com time completo ficará frustada e Ceni terá que, mais uma vez, mexer na zaga.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Com Rodrigo Caio suspenso na partida de estreia do Flamengo na Libertadores da América na última terça-feira (20), Rogério Ceni optou por uma dupla de zaga formada por Willian Arão e Gustavo Henrique. Para a partida contra o Volta Redonda, pela Taça Guanabara, o comandante, além dos dois, terá Bruno Viana, Léo Pereira e Gabriel Noga como opções.

O duelo decisivo entre Flamengo x Volta Redonda acontecerá a partir das 19h (horário de Brasília), no Maracanã. Enquanto o Voltaço lidera a Taça Guanabara com 21 pontos, o Mais Querido vem logo atrás, com 20. Desse modo, o vencedor do embate conquistará o troféu do torneio. Em caso de empate, as equipes esperam o resultado do jogo entre Fluminense x Madureira.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Essa afirmação de que o Flamengo pode levar três gols que faz quatro devido ao grande desempenho do seu ataque, nem sempre funciona ou vai funcionar! Quantos jogos o Flamengo perdeu em 2020 no Campeonato Brasileiro, Libertadores e Copa do Brasil, por pura falta de competência dos zagueiros ? Até Rodrigo Caio comprometeu o Flamengo quando foi expulso contra o Racing! Só vejo uma justificativa para o Flamengo continuar apostando nos seus erros, no que diz respeito as contratações de Gustavo Henrique, Léo Pereira e agora Bruno Viana. Porque já era para o Flamengo ter negociado esses jogadores. Qualquer amador viria que Bruno Viana não tem perfil de um zagueiro aguerrido, marcador, que sabe sair com a bola e que faz gols na área adversária! Zagueiro tem que ter postura impositiva, qualidade na saída de bola, velocidade e antecipação de jogadas e não precisa ir longe para dar o exemplo, Pablo Mari e Gustavo Gomes do Palmeiras. Bruno Viana não é bem pra compor o banco de reservas (claro, estou me referindo ao jogador e não a pessoa Bruno Viana). Toda vez que o Flamengo toma gols fáceis Rogério Ceni diz que via fazer ajustes, mas como se os jogadores são limitados tecnicamente??? É aquela coisa, se trouxer um zagueiro, traga para entrar e ser titular como foi o caso de Pablo Mari. Se o Flamengo tivesse dois zagueiros acima da média, dois jogadores de beirada e um meia com currículos de jogadores goleadores como foi o caso de Gabigol e Bruno Henrique, não teria pra ninguém!!!! O problema é que o Flamengo, a partir de 2020, contratou mal e fica com jogadores limitados e sem ter o que fazer com eles, porque ninguém quer!!!!