Flamengo estreita laços com Benfica e jovens atletas participam de intercâmbio online

FOTO: DIVULGAÇÃO/ TWITTER FLAMENGO

Na última semana, atletas de Flamengo e Benfica, dois dos maiores clubes do mundo, se reuniram virtualmente em prol de uma mesma paixão: o basquete. Jogadores das categorias de base das duas instituições participaram de um intercâmbio promovido pelas comissões técnicas e realizaram atividades por meio de uma plataforma de reuniões online.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


O principal objetivo do encontro era promover a integração entre jovens de culturas distintas, com foco na modalidade bola laranja, em meio ao triste quadro da pandemia do novo coronavírus nos dois países.

– Acho que é uma oportunidade ímpar para os jovens conhecerem novas culturas, conversarem com atletas da mesma idade de outro país e saberem como eles treinam lá, o que fazem, acho que essa troca é muito válida. Se formos pensar em quando poderíamos, de repente, jogar contra nessas categorias, é praticamente impossível. Então a internet é boa para aproximar -, disse Igor Melleti, técnico da base rubro-negra, em entrevista ao site oficial do Fla.

A reunião virtual foi mediada pela comissão do Benfica em conjunto com os treinadores do Clube da Gávea. Além de Igor, Mauro Macedo e Vitor Boccardo também participaram da ação, assim como Paulo Chupeta, coordenador da base do Mengo e ex-técnico dos profissionais do Rubro-Negro.

– Foi muito válido, muito legal. Neste momento em que estão todos em casa mais uma vez, preocupados, nervosos, sem saber se vão ter campeonato, treino… também é bom para eles ocuparem as cabeças com outras coisas, mas mantendo sempre o basquete e o Flamengo em foco, sabendo que estamos na retaguarda, tomando conta deles e tentando proporcionar o melhor para todos -, afirmou Igor antes de completar: 

– Vamos manter o contato com a comissão técnica para trocarmos material, informação, e sempre que possível, manter o contato também entre os atletas, que consideramos ser bem importante. Quanto mais informações pudermos dar para eles, melhor.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *