Gabigol quebra mais um recorde e se torna maior artilheiro do Flamengo no século

FOTO: MARCELO CORTES/ FLAMENGO

Nesta segunda-feira (05), o Flamengo venceu o Madureira por 5 a 1, no estádio Raulino de Oliveira, pela oitava rodada da Taça Guanabara. Destaque no confronto, Gabigol balançou as redes duas vezes e, assim, atingiu recorde histórico pelo Mais Querido. Agora, com 73 gols pelo Rubro-Negro, o camisa 9 se tornou o maior artilheiro do clube no século XXI, ao lado do já aposentado Renato Abreu.

Contratado em 2019, Gabriel Barbosa precisou de menos de um ano para fazer história no Clube da Gávea. Predestinado aos momentos decisivos, o atacante foi fundamental para a conquista do Campeonato Brasileiro e, principalmente, da Copa Libertadores, na qual marcou os dois gols do título, em final contra o River Plate. Vale lembrar que, naquele ano, o camisa 9 foi artilheiro, não só do Flamengo, mas do futebol brasileiro, com 43 tentos.

Já no segundo ano pelo Mais Querido, Gabigol foi mais discreto, mas manteve a efetividade dentro das quatro linhas. Apesar das sucessivas lesões, que o tiraram de boa parte dos jogos, o centroavante foi novamente o goleador máximo do Mengo, com 27 gols, e ficou a apenas um de Diego Souza, do Grêmio, que terminou como artilheiro do país na temporada.

CONFIRA NÚMEROS DE GABIGOL COM A CAMISA DO FLAMENGO:

105 jogos
73 gols
24 assistências
7 títulos


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Agora, empatado com ex-meia Renato Abreu, Gabigol deve se isolar no topo do ranking rapidamente, ao que tudo indica. Na atual temporada, o atacante já impressiona, com três gols em três partidas disputadas. De olho na artilharia do time, o camisa 9 ainda fica atrás do garoto Rodrigo Muniz, que balançou as redes cinco vezes.

Após igualar o recorde histórico, Gabigol volta a campo no próximo domingo (11), com sede de gol, para se isolar na artilharia do clube no século. O jogo será contra o Palmeiras, pela decisão da Supercopa do Brasil. Vale destacar que o Alviverde é a principal ‘vítima’ do atacante na carreira. Ao todo, Gabi marcou dez tentos contra a equipe paulista, sendo quatro deles pelo Flamengo.

À disposição de Rogério Ceni, Gabigol deve comandar o ataque do Flamengo para o duelo decisivo diante do Palmeiras. Conforme apurado pelo Coluna do Fla, o jogo será disputado no estádio Mané Garrincha, às 11h (horário de Brasília). Para o duelo, o Coluna do Fla traz, como de costume, a transmissão mais rubro-negra da internet, com a voz de Rafa Penido.

VEJA OS GOLS DA VITÓRIA DO FLAMENGO: 

 

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *