Jornalista considera Flamengo de Ceni superior ao de Jorge Jesus: “Jogando melhor”

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

A final entre Flamengo e Palmeiras é só no próximo domingo (11), mas já está dando o que falar na mídia esportiva. Durante o programa ‘Donos da Bola Rio’, o ex-treinador Renê Simões contrariou a opinião de Ronaldo Castro, seu parceiro de debate, sobre o tema. Empolgado pelo bom início de temporada rubro-negro, o comentarista comparou, ainda, a Era Ceni com a de Jorge Jesus.

Eu acho o Flamengo bem superior ao Palmeiras e acho que o time não vai mudar o jeito de jogar. Duvido que o Rogério Ceni mude sua maneira de jogar. Se meter um gol, vai fazer dois e três. O momento que o Flamengo atravessa é diferente. O time está jogando melhor do que jogava na época do Jorge Jesus – disse Ronaldo.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


A opinião sobre a superioridade rubro-negra diante do adversário foi imediatamente contrariada por Renê Simões. O ex-técnico vê bastante equilíbrio entre as equipes, reforçando a qualidade paulista na forma de pensar o jogo.

Não vejo o Flamengo tão superior assim ao Palmeiras. Não vejo. O Palmeiras tem um belíssimo time e com pensamentos de jogar. Vimos isso nos torneios que foi campeão. Mas concordo que o Flamengo vai começar jogando lá em cima.

Nos dois testes do elenco principal, vimos um Flamengo extremamente ofensivo e compacto. Não a toa, marcou oito gols em pouco mais de 180 minutos e sofreu apenas um, mantendo mais de 70% da posse de bola. Agora, o Rubro-Negro se prepara única e exclusivamente para decisão do próximo domingo (11). O jogo será no Mané Garrincha, às 11h (horário de Brasília).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Eita! Melhor ler isso do que ser cego! KKK

  • Entendi o que ele quis dizer, o Flamengo do Jorge não vinha atuando bem no inicio de 2020, atuava como “normal” abaixo dos padrões 2019. Veio o Dome que infelizmente foi um mal planejamento da diretoria. Chegou o Ceni, que pra muitos era o melhor do Brasil ao lado do Renato, pegou um elenco mal fisicamente, um time que perdeu o brilho individual. Víamos jogadores como o Everton atuando abaixo do que é o “normal dos caras. O brasileirão teve méritos do Rogério, não vencemos com folga por deméritos do Dome que tomou goleadas absurdas, saímos da Libertadores por erros individuais… O Léo Perereira, G.Henrique eram 2 dos melhores zagueiros do BR 2019 e foi pedido do Jesus…. Hoje com pré temporada e tempo acredito mais no trabalho do Ceni do que os dos jogos finais o JJ, que é um baita treinador obvio,

  • Falta muita coisa !!!

  • Menos,Ceni tem muito o que aprender como técnico,é muito diferente de estar dentro de campo,JJ já percorreu um caminho maior,bem sucedido, saúde, sucesso,para os dois,os seus,todos nós,os nossos,se o Ceni aprender a mesclar, enxergar os garotos,ter visão, exemplo,como um jogador como o lateral Ramon,não está entre os profissionais,absurdo,e ficam dando tantas oportunidades a outros,e nada,e jogar no campo adversário, isto aí,pressão o tempo todo, engulindo,com os devidos cuidados defensivos.

  • Que o flamengo está nos enchendo de esperança é verdade, dai ser superior ao time de
    2019 vai uma distância muito grande, calma colega, vamos aguardar um pouco mais.