Patrocinador do Flamengo se manifesta após polêmica em rede social

FOTO: DIVULGAÇÃO/FLAMENGO

Nesta quinta-feira (13), a torcida do Flamengo teve uma surpresa nas redes sociais. Isso porque, após o portal UOL informar sobre quebra de contrato, por conta de críticas ao clube, o CEO da Moss se posicionou. Dessa forma, o dono da empresa que patrocina o Mais Querido veio a público para se desculpar, a fim de apaziguar de vez a questão. Na publicação, Luis Felipe Adaime comentou o quanto o ‘status’ de figura pública, recém adquirido, atrapalhou no julgamento.

CONFIRA A PUBLICAÇÃO:

Querida Nacao e Flamengo: peço perdão se me exaltei no meu perfil. Vcs tem razao, devo assumir o papel de patrocinador e apoiar o clube e seus atletas sempre. Se pareceu que critiquei, foi no calor do momento, como torcedor. Nunca fui pessoa publica e to me adaptando, SRN!

Vale destacar que, tudo começou após uma crítica feita pelo CEO da Moss ao Flamengo, depois do empate contra o Unión La Calera. Dessa forma, o portal UOL informou sobre a quebra de contrato, por parte de Luis Felipe, e o jornalista Mauro Cezar o criticou. No entanto, a reação do dono da marca foi um pouco acima do tom, algo que irritou alguns rubro-negros. Assim, o pedido de desculpa veio em boa hora, a fim de apaziguar de vez os ânimos.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Apesar da discussão recente, Luis Felipe tem muito crédito com a torcida rubro-negra. Isso porque, além de sua empresa patrocinar e, consequentemente, injetar dinheiro no Flamengo, o CEO da Moss está sempre presenteando a Nação com novos uniformes. Dessa forma, a relação entre a torcida do Mengo e o dono da marca não deve perder o respeito e, principalmente, o carinho e admiração nestes tempos de pandemia.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Pois eu fiz uma pergunta simples no e-mail do RI da MOSS CO2, e ao não receber na reposta o conteúdo que eu esperava, apenas outras coisas que não me interessavam, ao responder o e-mail, recebi como mensagem que o remetente Felipe Alves, tinha aparentemente bloqueado o meu e-mail. “Sua mensagem não foi entregue porque o provedor de email do destinatário a rejeitou.” Como investidor do MOSS CO2, eu fiquei profundamente preocupado, pois um RI tem o dever de responder às necessidades dos investidores. É simples: eu quero saber o motivo pelo qual não existe a informação de FORNECIMENTO CIRCULANTE do ativo no site do coinmarketcap, já que os demais ativos que possuem escassez(nº limitado de unidades), divulgam. Eu quero saber quantos tokens existem em circulação !!!! Isto por acaso é ofensivo ???????? Comecei a ficar preocupado e pelo visto, acho que o Flamengo tb deveria.