Analisando desfalques à Seleção Olímpica, comentarista apoia veto do Fla: “Clube fica com o ônus”

FOTO: REPRODUÇÃO/TWITTER PEDRO

O Resenha ao vivo, o programa diário do Coluna do Fla, no Youtube, que começa às 19h30m, debateu sobre a possibilidade do Flamengo perder quatro jogadores para os Jogos Olímpicos. Atletas do Mais Querido estariam numa pré-lista do técnico André Jardine: Gabigol, Pedro, Gerson e Rodrigo Caio.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Para a comentarista Paula Mattos, por não ser Data-Fifa, quando a agremiação é obrigada a ceder seus jogadores, o Mais Querido não deveria liberar seus atletas para Seleção Brasileira Olímpica, já que todo ônus é sempre do clube. O evento que será no Japão, começa numa sexta-feira, 23 de julho de 2021 e termina domingo, 8 de agosto.

O clube que fica com todo ônus. A gente banca o salário do jogador, volta machucado, desfalca o clube… Só a Copa América desfalca por um mês se o Brasil chegar na final. É um mês sem o Gabi e sem o Everton Ribeiro. Aí numa dessa, você perde o jogador lesionado, fica no departamento médico. Nesse meio tempo é o clube que paga o salário, o clube que arca com o processo de recuperação de lesão. Como não é Data-Fifa, eu não liberaria.

Veja como foi o Resenha desta terça (16) e deixe a sua opinião:

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Por outro lado, eles também se esquecem de que é justamente graças a convocação, que os atletas se valorizam e podem render milhões aos clubes…