Ceni reconhece ‘cansaço’ de atletas ao final do jogo, mas pondera: “Era o melhor time que tínhamos para manter em campo”

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Em jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro, o Flamengo perdeu por 3 a 2 para o Bragantino, jogando no Maracanã, e desperdiçou os 100% de aproveitamento na competição. Ao final do duelo, em entrevista coletiva, Rogério Ceni reconheceu o cansaço dos jogadores ao final do duelo, mas garantiu que manteve em campo o ‘melhor’ que tinha à disposição.

– É natural que eles sintam cansaço no final do jogo. Eu queria ganhar o jogo. Defensivamente, eu tinha várias substituições, mas nesse momento, onde os times têm jogadores importantes na seleção, nós tínhamos 3 garotos no banco. Era um risco muito grande fazer essas alterações – disse o técnico, que prosseguiu: “acho que era o melhor time que tínhamos para manter em campo”.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Vale destacar, no entanto, que apesar de ter ‘reconhecido’ o cansaço dos jogadores, Rogério Ceni, que tinha cinco substituições disponíveis para a partida, optou por fazer apenas uma, fato que deixou a torcida do Flamengo bastante irritada nas redes sociais.

Apesar do resultado adverso, o Flamengo precisa mudar o foco e já se concentrar no próximo desafio: o jogo contra o Fortaleza, também pelo Brasileirão. A bola vai rolar no sábado (23), às 19h (horário de Brasília), no Maracanã, e o Mengo vai tentar reencontrar o caminho das vitórias no torneio. A partida, como de costume, será exibida pelo Coluna do Fla, com narração de Rafa Penido.

Veja também

  • Rapaz, o cara treinador, falar uma asneira dessa, que o cara cansado é melhor do que, quem está no banco. Ceni, não sabe mexer no time, não sabe sair de um nó tático… Ele pode ser um bom auxiliar, para ajudar nos treinos, mas não é técnico de jeito nenhum.

  • Verdade… Melhor empatar que perder. Time cansado… Mais uma derrota boba na conta do treineiro…

  • Volta Mauricio Souza.

Comentários não são permitidos.