Ele vem? Amigo de Kenedy faz brincadeira e ‘acerta’ chegada do atacante ao Flamengo; veja vídeo

FOTO: REPRODUÇÃO

O Flamengo monitora a atual situação de Kenedy, do Chelsea, pois tem interesse de contratá-lo por empréstimo. No que depender dos amigos do atleta, o acerto não irá demorar a acontecer. Isso porque, o influencer Negrete ‘roubou‘ a função dos dirigentes rubro-negros e ‘negociou‘ com o jogador.

Através da rede social do Instagram, na função Stories, o amigo de Kenedy publicou uma série de vídeos bem-humorados. Entre eles, o influencer fez a enquete: “Será que ele vem para o Mengão?“, e 88% das pessoas que votaram, até então, escolheram a opção “sim“. Além disso, Negrete fingiu conversar com o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, para negociar a forma de pagamento do salário do atacante.


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


— Ele está aqui, pode deixar. O que podemos fazer por ele? Está certo que o salário dele é um pouquinho alto, mas podemos resolver isso já. Tá bom, espera aí. Deixa que a metade do salário dele eu pago. Beleza? Tá bom, presidente. Um abraço -, disse Negrete, simulando negociar com o mandatário rubro-negro. Ele ainda prosseguiu:

Presta atenção, acabei de falar com o presidente. Ele falou uma parada assim… Se você aceita ou não. Eu pago a metade do seu salário e o Flamengo paga o outro. Beleza? Aperta minha mão -, concluiu o influencer. Kenedy, por sua vez, apenas riu e ‘apertou’ a mão do amigo, sem dar maiores pistas da possível negociação envolvendo Chelsea, Flamengo e jogador.

CONFIRA SEQUÊNCIA DOS STORIES:





Embora Negrete tenha brincado com a situação, o Flamengo realmente deseja a contratação de Kenedy. Entretanto, o atacante não esconde o desejo de ser utilizado pelo Chelsea. Isso porque, o clube inglês emprestou o atleta ao Granada, da Espanha, onde ele teve boa atuação na temporada 2020/2021. Caso os “Blues” optem por não ficar com o jogador, o Rubro-Negro surge como uma das opções para o atleta atuar a partir de agosto.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *