Em encontro de gerações, Júnior e Filipe Luís ‘revivem’ 1981 e sonham com bi mundial do Flamengo

FOTO: REPRODUÇÃO/ FLATV

Nesta segunda-feira (07), a FlaTV reuniu dois craques da lateral esquerda que marcaram e marcam a história do Clube de Regatas do Flamengo. No quadro “Encontro de gerações”, Maestro júnior e Filipe Luís iniciaram a conversa ‘revivendo’ a conquista do mundial de 1981. Torcedor rubro-negro assumido, o atual camisa 16 do Mengo comentou sobre a vitória diante do Liverpool por 3 a 0 e disse sonhar com o bicampeonato do Mais Querido.

– Quando eu fui assistir esse jogo (Flamengo 3 x 0 Liverpool) eu comecei a analisar coisas que eu não imaginava, a qualidade que tinha os jogadores quando a bola caía no pé de cada um. Quando a bola caía no pé do Zico saía uma maravilha a cada jogada. Eu vi o Tita jogar pela primeira vez, foi muito especial. Eu vi realmente o que foi aquele título e o banho de bola que foi aquele jogo.

– Hoje a gente olha o que eles conquistaram, eles não foram se defender contra o Liverpool, o time era muito melhor. A superioridade que o Flamengo tinha naquele momento, podia vencer qualquer time do mundo. Então, a partir desse momento, o que eu mais quero é que outra geração viva esse momento de novo. Quem é flamenguista de verdade quer que se repita essa cena, é maravilhoso.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Presente na conquista do mundial, Júnior respondeu a declaração de Filipe Luís e, por sua vez, revelou ‘inveja’ da comemoração do título da Libertadores em 2019.

-Mas no nosso caso, por exemplo, depois do jogo da Libertadores, quando a gente viu aquela cena de comemoração com a torcida na Candelária, para nós que vivemos 81 seria espetacular. Depois da vitória sobre o Liverpool, no Japão, a gente aproveitou a viagem e foi para o Havaí. Eu trocaria essa viagem 10 mil vezes para poder viver o que esses caras viveram ali.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Puxa-saco do Abel! Caiu muito no meu conceito depois de 2019! Torceu contra!