Gabigol, Everton Ribeiro e jogadores da Seleção Brasileira emitem nota sobre realização da Copa América

FOTO: LUCAS FIGUEIREDO/CBF

Nesta terça-feira (08), ao final do jogo contra o Paraguai, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, os jogadores da Seleção Brasileira, enfim, se manifestaram sobre a realização da Copa América. Em carta aberta, os atletas se pronunciaram contrários à disputa do torneio, mas garantiram que vão entrar em campo para defender a Amarelinha. O comunicado foi amplamente divulgado nas redes sociais, inclusive por Gabigol, Everton Ribeiro e Rodrigo Caio, do Flamengo.

Inicialmente, a Copa América seria disputada na Argentina, mas não pôde ser realizada devido ao número de casos de covid-19 no país. Para não cancelar o torneio, a Conmebol entrou em contato com o governo brasileiro, que prontamente aceitou sediar a competição. De lá para cá, muitos problemas nos bastidores e, inclusive, chegou a ser ventilado um possível boicote dos atletas e comissão técnica ao campeonato, o que, de fato, não ocorreu.

Sem maiores surpresas para o momento, além da clara manifestação contrária dos jogadores, a Copa América segue com o planejamento a todo vapor, e já se inicia no próximo domingo (13). O Brasil vai entrar em campo contra a Venezuela, no Mané Garrincha, às 18h (horário de Brasília).


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


CONFIRA A NOTA DOS JOGADORES:

“Quando nasce um brasileiro, nasce um torcedor. E para os mais de 200 milhões de torcedores escrevemos essa carta para expor nossa opinião quanto à realização da Copa América.

Somos um grupo coeso, porém com ideias distintas. Por diversas razões, sejam elas humanitárias ou de cunho profissional, estamos insatisfeitos com a condução da Copa América pela Conmebol, fosse ela sediada tardiamente no Chile ou mesmo no Brasil. 

Todos os fatos recentes nos levam a acreditar em um processo inadequado em sua realização. 

É importante frisar que em nenhum momento quisemos tornar essa discussão política. Somos conscientes da importância da nossa posição, acompanhamos o que é veiculado pela mídia e estamos presentes nas redes sociais. Nos manifestamos, também, para evitar que mais notícias falsas envolvendo nossos nomes circulem à revelia dos fatos verdadeiros.

Por fim, lembramos que somos trabalhadores, profissionais do futebol. Temos uma missão a cumprir com a histórica camisa verde e amarela pentacampeã do mundo. Somos contra a organização da Copa América, mas nunca diremos não à Seleção Brasileira.”

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Eu não quero a copa América porque metade do flamengo serão convocados, mas essa historinha da PANDEMIA é hipocrisia sim. Para tudo então !

  • Esperem até quinta a noite, é em provável que o STD passe o rodo neste torneizinho

  • Porque não se manifestaram antes, pois quando a copa estava pra ser disputada na Argentina e Colômbia, ninguém se manifestou. Foi só trazer pro Brasil que perceberam que iriam magoar a GLOBOLIXO.
    Cambada de falsos.

  • Competição que é mero engodo. Não serve para. Sem contar que já tivemos uma overdose recente de Copa América. Vai atrapalhar totalmente o equilíbrio do Campeonato Brasileiro, e de quebra, encher os bolsos de Carlotas e políticos, que não estão nem aí para os torneios nacionais. Vergonhoso.

  • Só vai atrapalhar o Brasileirão a copa do Brasil e a Libertadores, não serve pra nada essa copa América. Flamengo vai ser duramente penalizado nas 4 linhas por conta dessas convocações, espero que a seleção Brasileura caia o quanto antes e devolva nossos craques inteiros.

  • Tudo isso, porque a Copa América vai ser transmitida pelo SBT!
    E vamos ver sim….

  • Ai deles se contrariarem a globo…(vergonha)
    Seriam contra a realização da Eurocopa ou da própria eliminatórias da copa 2022?
    Quanta demagogia…