Maurício Souza se prepara para estrear em torneio nacional sob o comando do Flamengo profissional

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/ FLAMENGO

Com três casos positivos de Covid na comissão técnica, incluindo o treinador Rogério Ceni, o Flamengo optou por uma solução caseira para a estreia do clube na Copa do Brasil: Maurício Souza. O compromisso é especial, visto que será sua primeira oportunidade liderando o Mengo em um torneio nacional. O técnico esteve à frente do Mais Querido em seis oportunidades nesta temporada, todas pelo Carioca e com elenco alternativo.

Maurício Souza esteve à frente do Flamengo profissional em 11 compromissos oficiais – sendo dez pelo Campeonato Carioca e um no empate em 0 a 0 com o River Plate, na Libertadores da América 2018. No decorrer desse período, viu sua equipe marcar 14 gols e sofrer apenas seis, além de alcançar um aproveitamento de 64%, dividido em seis vitórias, três empates e duas derrotas.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Nesta temporada, foi responsável por quatro vitórias, um empate e uma derrota ainda na Taça Guanabara e com o elenco alternativo, antes da reapresentação do plantel campeão brasileiro. Sua última partida à frente do Mais Querido em 2021 foi diante do Boavista, por 1 a 1, no dia 27 de março, no Estádio Elcy Resende Mendonça.

Sua experiêcia em Libertadores ocorreu no dia 23 de maio de 2018, no Estádio Monumental de Núñes, na Argentina. À época, Maurício Souza atuou como substituto de Barbieri e foi a campo com: Diego Alves; Rodinei, Rhodolfo, Léo Duarte e Renê; Cuéllar, Paquetá, E. Ribeiro, Jean Lucas e Vinícius Jr; Henrique Dourado.

Na próxima quinta-feira, Maurício Souza fará sua estreia em um torneio nacional sob o comando do elenco principal do Flamengo. A partida é contra o Coritiba, pela terceira rodada da Copa do Brasil, às 19h (horário de Brasília), no Estádio Couto Pereira. O treinador estará, ainda, à frente do Fla na próxima partida da equipe.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Esse conhece e sabe o quê é ser FLAMENGO. Não vai inventar, trabalhar com que tiver à disposição.

  • Esse é inteligente não precisa conplicar. Futuro em breve será nosso treinador. Isso, se essa diretoria agir certo. Não for burra, ou…., como tem sido, SEMPRE!, nessas vendas de nossas joias a preços de banana. Inclusive e principalmente na venda do Gersonnpor ibs míseros 20 Mi ou 25 Mi de euros.