Vice-presidente do Flamengo celebra chegada de novo patrocinador e alfineta CBF

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Na tarde deste sábado (12), o Flamengo anunciou mais um patrocínio. Trata-se da plataforma de streaming e televisão, ‘DIRECT TV’. O vice-presidente de Relações Externas, Luiz Eduardo Baptista, o Bap, foi às redes celebrar o acordo, mas aproveitou para alfinetar a CBF. Vale lembrar que o dirigente fez declarações essa semana na divergência com a entidade mor do futebol brasileiro sobre a situação clínica de Gabigol.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Seja muito bem vindo DIRECTV GO- o mais novo parceiro comercial do Marketing do Flamengo. Já pensaram se nossos parceiros pudessem ser convocados também? —, publicou Bap.

CONFIRA A PUBLICAÇÃO:

Vale lembrar que essa não foi a primeira alfinetada de Bap na CBF. Na quarta-feira (09), antes da entidade divulgar o boletim sobre a ressonância, o dirigente foi ao Twitter se manifestar. Sem citar nomes, ele fez uma espécie de charada com os torcedores, que logo sacaram o destinatário da mensagem. Ainda durante o dia, o dirigente deu entrevista para falar sobre Gabigol, que diagnosticado com um edema muscular, era aguardado pelo Flamengo em Curitiba para uma reavaliação.

— O que é o que é? Um negócio que você usa recursos e ativos de 3os, investe pouco e tem receitas altas. Não paga por isso ainda que seja lei, nem tem riscos e obrigações trabalhistas. Você decide a vida dos outros e estes ainda pagam as suas contas. Dica: não é um clube de futebol —, escreveu Bap na ocasião.

Alheia a isso, a empresa americana fechou com o Flamengo até dezembro deste ano e terá sua marca exposta nas placas de publicidade do CT do Flamengo, no Ninho do Urubu. Pioneira na TV dos EUA, ‘DIRECT TV GO‘ tem o esporte como um dos conteúdos mais assistidos em sua plataforma. O acordo também foi recebido por outros dirigentes e torcedores nas redes sociais.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Mania destes dirigentes ficarem criando problemas de graça, fora de hora e com quem manda, criando inimizade da CBF com o Flamengo. Por causa destes bobões, que pensam que sabem de alguma coisa. No passado nem tão distante, vocês lembram o Flamengo ficou brigado muito tempo com a CBF sendo prejudicado nas decisões que beneficiavam o nosso time!

  • Rousseau!
    A grana pelo Gerson entra parcelada, ou seja, vai levar mais de um ano pra receber tdo. Flamengo tbém compra da mesma forma, tem jogador que nós ainda estamos pagando. Em época de pandemia o que está equilibrando é a verba dos patrocínios. O Sócio Torcedor despencou, sem bilheterias e folhas de pagamentos altas, o negócio não está fácil. Por isso estamos emprestando jogadores bons que vieram da base e vendendo tbém, ou seja, estamos comprando barato prá vender valorizado jogadores que estão começando. A meta tem ser batida pra não termos que contrair dívidas c/ foi no passado. Os caras trabalham com responsabilidade e prestam contas através de planilhas que vc pode acessar no site oficial. SRN

  • Se é lei, entra com processo e cobra. Indireta em rede social não leva a lugar algum.

  • Pois é, mais um patrocínio e diz que a conta ainda não bate, vende o Gerson barato e parcelado, doa o Natan, e ainda queria entregar o Muniz para o Genk por 3 milhões de euros.
    COMO se explica isso? Como puderam vender o Gerson parceladamente para um clube europeu com o euro mega valorizado? Muito estranho isso.
    Pra mim essa diretoria faz um caixa 2 e fica jogando pra galera que o Flamengo tem que vender seus craques pra saldar dívidas. Se desmanchar esse time, vão demorar para reconstruir outro do mesmo nível. Fanfarrão.

  • A resposta da charada do Bap é cbf. A cbf investe pouco, ganha muito, não tem obrigações
    e risco, tudo isso é ônus dos clubes, a cbf decide tabela e convoca jogadores em datas fifa
    e os clubes com sua grana banca a cbf. Um adendo, o presidente da cbf é eleito pelos
    presidentes das federações, ai você já sabe, para os presidentes das federações levarem
    o seu, os campeonatos regionais tomam quase a metade do ano e a tudo a cbf bate palma e
    os clubes, ah os clubes se lascam de cima a baixo. Na Europa em sua maioria os times jogam
    o campeonato nacional e a liga dos campeões e respeita as data fifa, que diferença.

  • Como é a relação de compromissos entre os clubes e as federações nacionais, na Europa?

  • ISSO AQUI É FLAMENGO

  • É verdade Ciro Martins

  • Não é pouca coisa não, conseguir este tanto de patrocínios numa época dessas.