Comentarista compara fases de Michael e Bruno Henrique e pondera: “O ‘Robozinho’ é mais importante taticamente”

FOTO: DIVULGAÇÃO/CONMEBOL

Para o duelo desta quarta (21), contra o Defensa y Justicia, pela Libertadores, Renato Gaúcho terá dois reforços: Rodrigo Caio e Bruno Henrique. Os Dois foram desfalques na partida de ida, na Argentina. O zagueiro deve ter a titularidade sem contestação. Momento diferente do camisa 27, que oscila com boas e más atuações. Com a ascensão de Michael nos últimos jogos, o camisa 19 virou sobra e para o comentarista Ronaldo Castro, o ‘Robozinho’ é mais importante taticamente.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Para o treinador, taticamente, o Michael é mais importante que o Bruno Henrique. Taticamente, eu acho o Michael mais importante. O Michael além de ir para o ataque, driblar, fazer o gol, ajuda na marcação, ele corre que é uma barbaridade. Agora, em termos de ser goleador, de prestigio, o Bruno Henrique é titular.

O Michael não está mal. Agora, vamos ver como o Renato vai aproveitar. Se ele vai começar com Bruno Henrique, se vai começar com o Michael —, finalizou Ronaldo no programa Os Donos da Bola, da Band.

VEJA:

Michael vem tendo uma sequência de boas atuações. Após um 2020 de muita desconfiança, o atleta vai dando a volta por cima após diversas oportunidades. Nas partidas contra Chapecoense, pelo Brasileirão, e Defensa y Justicia, na partida de ida das oitavas de final da Libertadores, os gols decisivos saíram dos seus pés.

Com essa dúvida na cabeça dos torcedores, Renato Gaúcho comanda o Flamengo nesta quarta, às 21h30m, no duelo contra o Defensa y Justicia, pela segunda partida das oitavas de final da Libertadores, no Mané Garrincha, em Brasília. Você pode acompanhar o duelo na transmissão mais Rubro-Negra da internet, via Youtube, no Coluna do Fla, com narração de Rafael Penido.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *