Flamengo precisa de menos de quatro finalizações para marcar gol na ‘Era Renato Gaúcho’

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

O início de trabalho de Renato Gaúcho no Flamengo superou até o maior dos otimistas – e até mesmo entusiastas de sua vinda para Gávea. Em apenas três jogos, o treinador deixou os números até mesmo de Jorge Jesus para trás e agora ostenta um aproveitamento de 100%, com três triunfos, dez gols marcados e uma marca ofensiva expressiva.

O time de Renato Gaúcho precisa, em média, de 3,9 finalizações para marcar um gol na temporada. Ao todo, foram dez tentos em três vitórias completadas: 5 a 1 contra o Defensa y Justicia (1 a 0 no jogo de ida e 4 a 1 na volta) e a goleada por 5 a 0 sobre o Bahia, pela última rodada do Brasileirão. Por outro lado, necessita de 34 chutes no alvo para ser vazado.

Em 100% de aproveitamento, a equipe comandada por Renato Gaúcho acumulou 39 finalizações, sendo 24 no alvo, 23 dribles e 49 desarmes até aqui. O início de trabalho levou o Flamengo novamente às quartas de final da Libertadores, após superar o Defensa y Justicia nos dois jogos classificatórios – o último, realizado na quarta-feira (21), no Mané Garrincha, contou com gols de Rodrigo Caio, Arrascaeta e Vitinho (2).


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Após eliminar o Defensa y Justicia por 5 a 1 no placar agregado, o Flamengo retorna aos gramados no domingo (25) para encarar o São Paulo, no Maracanã. O duelo entre cariocas e paulistas está marcado para às 16h (horário de Brasília), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Alguém ái com saudades do Rogerio Ceni? Escrevi aqui nesse canal muitas vezes que o problema do time do Flamengo após a saída de JJ era de técnico, pois a diretoria errou duas vezes, ou seja, ao contratar Domenec e ao contratar Rogerio Ceni e jogou milhões de reais fora com as rescisões dos mesmos e olha que nem precisa ser um especialista para saber que Domenec e Ceni não tinham capacidade para estar a frente de um time como Flamengo. Como sempre escrevo: o tempo é o melhor professor.

  • Flamengo mais uma encantou a nação e se não fosse a bizarra falha do instável Diego Alves iria para a história em fotos coloridas. Inaceitável um erro daquele numa libertadores em jogo de mata mata. Esse cara tinha que ser barrado ou demitido. O Neneca por não ser da panela, é mais goleiro. Estou que esse Diego é o ponto fraco do time, não sabe sair jogando com os pés e não sabe sair do gols nas bolas alçadas na área. No jogo da ida ele errou todas. O Becaccece explorou bem esse ponto e se deu bem. Falhas infantis como essas que ele vem cometendo podem por tudo a perder.