Preços atrapalham, e Flamengo vende poucos ingressos para jogo contra Defensa y Justicia

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Visando a volta parcial do público, o Flamengo transferiu o jogo decisivo contra o Defensa y Justicia, pelas oitavas de final da Libertadores, para o Mané Garrincha, em Brasília. No entanto, às vésperas da partida, o clube vendeu apenas 5 mil dos quase 18 mil ingressos disponibilizados para os torcedores rubro-negros.

O Clube da Gávea entende que os custos necessários para fazer uma viagem até Brasília, comprar os bilhetes e os testes PCR, além do curto espaço de tempo para a realização do jogo, tenham impactado negativamente nas vendas. Dessa forma, a pouco mais de 24 horas para a bola rolar, a expectativa do Flamengo não é das melhores quanto ao preenchimento do estádio. A informação foi divulgada pelo Uol.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Nas redes sociais, o jornalista Vitor Gammaro publicou vídeo no local da torca de ingressos em frente ao Estádio Mané Grrincha. Nas imagens, o ambiente aparente estar bem tranquilo, com pouca movimentação, como frisa Gammaro.

Vale lembrar que para entrar no estádio é necessário estar vacinado com as duas doses contra a COVID-19 ou apresentar resultado negativo no exame de RT-PCR, além do uso obrigatório da máscara no local. Os ingressos estão sendo vendidos de forma totalmente digital, com preços que variam entre R$ 140,00 e R$ 500,00.

Flamengo x Defensa y Justicia será disputado na próxima quarta-feira (21), às 21h30 (horário de Brasília), no Estádio Mané Garrincha, em Brasília). Como de costume, o Coluna do Fla traz a transmissão mais rubro-negra da internet, via YouTube. Rafa Penido comanda a narração, acompanhado do comentarista Tulio Rodrigues e da repórter Letícia Marques.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Resumindo: INCOMPETENTES!

  • galera reclamando dos preços dos ingressos, torcida está há mais de 1 ano e meio sem poder ir ao estádio, não pode desembolsar 140 reais pra ver uma partida de libertadores depois de tanto tempo? por favor né.

  • FLApsol em peso aqui.

  • Não vejo o “copo meio vazio”, como diz a matéria da UOL( site que geramente traz duzentos e cinquenta textos de opinião de seus “especialistas” para cada texto realmente jornalistico, que retrate o fato noticiado sem viés político). Na verdade, o Flamengo conseguiu vender 5 mil ingressos com ANTECEDÊNCIA, APESAR do preço alto cobrado, de ser um jogo no meio de semana, da partida ser fora do Rio de Janeiro, das exigências sanitárias difíceis de serem cumpridas , da crise econômica-financeira do país iniciada em 2014 e piorada muito com a pandemia , do adversário sem muita tradição na América do Sul e da intensa campanha que a imprensa faz contra a presença de público nesta partida. Muitas pessoas ainda não se sentem seguras para frequentar um estádio de futebol, o que é justo e coerente para quem não foi vacinado( obviamente, desde que não se queira impedir quem se sente seguro de ir). O jogo de amanhã é um teste. Esperamos que tudo corra bem , com uma bela vitória do Mengão e que todos os torcedores no estádio vibrem muito com a classificação rubro-negra. Nos próximos jogos da Libertadores do Mengão no Brasil, teremos casa cheia com certeza, dentro do limite estipulado pelas autoridades sanitárias.

  • É a ganância do BAP e do Landim queimando o filme do clube outra vez. Impressionante como essa dupla não aprende com os erros. Brasil não é Europa, poucos já tomaram a 2ª dose da vacina e estão com grana nessa crise para bancar preços assim. Esses dois precisam colocar a mão na consciência e parar de fazer o nome do Flamengo pagar mico. É hora de ser inteligente para com a torcida e os patrocinadores e respeitar as dificuldades do momento.

  • Ganancia total.

    Esta claro que “querem correr atras do tempo perdido” descontando tudo em cima da torcida. 140 reais para ver um jogo é muito absurdo.

    Sem contar que esse preço é so o ingresso, nao conta translado, lanche, estacionamento….

  • Sou Flamengo, mais pagar R$ 140,00 reais para ver um jogo? imagina vc ir com seu filho (a) que seria o meu caso teria que desembolsar 280,00? Imagine se tivesse ainda que sair de outro estado? Acho que um ingresso para ver um jogo de futebol não pode ultrapassar R$ 60,00… pois dos 90 minutos,35 é de bola parada… ABSURDO!!!

  • Bando d palhaços esses dirigentes do mengao nmrl, tamo em uma pandemia e os cara colocam um ingresso com valor mínimo d 140, entt pra q quiseram ter torcida logo nos estádio pra ter esse preço MDS hein…

  • O nome disso é GANÂNCIA. E o sobrenome é BAP e Landim.
    Onde já se viu colocar um preço de ingresso nesse valor mínimo de 140 reais em plena pandemia e crise econômica?
    Que falta de senso.
    A realidade não são os protocolos, porque nossa torcida esgotaria isso em uma hora, se os preços fossem acessíveis.
    A verdade é que os caras querem tirar o prejuízo enfiando a faca no bolso do torcedor.
    Imagine quando o maraca for reaberto.
    Desumanos, sempre os mesmos.

  • Esta porra desta coluna deveria se chamar “COLUNA ANTIFLAMENGO”, pois só coloca notícia negativa do MENGÃO.