Presidente da Federação Paulista se revela rubro-negro; mandatário foi nomeado interventor da CBF ao lado de Landim

FOTO: DJALMA VASSÃO/GAZETA PRESS

Nesta segunda-feira (26), a justiça do Rio de Janeiro anulou as eleições de 2017 da CBF e, com isso, nomeou dois novos interventores para o cargo que era de Rogério Caboclo, afastado após denúncias de assédio moral e sexual. Para assumir a entidade, foram escolhidos Rodolfo Landim e Reinaldo Carneiro Bastos, presidentes do Flamengo e da Federação Paulista de Futebol. A situação, no entanto, é curiosa: além de Landim, que comanda o Mais Querido, o mandatário da FPF, já declarou publicamente ser rubro-negro.

No ano passado, em entrevista concedida ao canal Praetzel FC, Reinaldo Carreiro Bastos revelou ser flamenguista e explicou o motivo. “Eu torço para o Flamengo. Eu sou carioca, nasci no Rio de Janeiro. Meu avô foi vice-presidente do Flamengo, presidente do Conselho Deliberativo… Sou sócio do Flamengo desde o dia seguinte que eu nasci.”

A declaração de Reinaldo, concedida em 2020, viralizou nas redes sociais após a sua nomeação para assumir a CBF, e gerou uma série de comentários de rubro-negros, que não perderam a oportunidade de provoca os rivais com a revelação.

Veja reações:


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Após serem nomeados interventores da CBF, Rodolfo Landim e Reinaldo Carneiro Barros emitiram uma nota conjunta e falaram sobre a situação. Apesar de assumirem os cargos, os mandatários do Flamengo e da FPF ficarão no comando da entidade por 30 dias e deverão convocar novas eleições, mas nenhum dos dois poderá concorrer ao cargo de presidente.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • MARACANÃ COM GESTAO ÚNICA. ABAIXO A LIGA DE CLUBES.
    Opções equivocadas que só vão trazer problemas.
    Não se carrega escorpiões nas costas. Burrice.

  • O Cel.nero aproveitou sua passag3m.e ofializou um.monte de título de pelada.como título brasileiro sendo q o CB com3cou em. 71 e todas as estatísticas são feitas a partir daí