Renato Gaúcho assume Flamengo com quarto melhor aproveitamento entre clubes na temporada

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Renato Gaúcho foi apresentado oficialmente como novo técnico do Flamengo na tarde desta segunda-feira (12), no Ninho do Urubu. O treinador assume o clube com o quarto melhor aproveitamento entre times da Série A na temporada: com 67,7%.

O Flamengo disputou 33 partidas nesta temporada, entre os comandos de Maurício Souza e Rogério Ceni. Do total, a equipe conquistou 67 pontos de 99 possíveis: 20 vitórias, sete empates e seis derrotas. Aproveitamento superior aos de Palmeiras, Grêmio, São Paulo, Internacional e outros.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


A ‘Era Ceni’ foi encerrada com 65 gols pró e 33 contra – saldo de 32 na temporada. Ainda sob os comandos de Rogério, o Flamengo passou 11 jogos dos 33 completos sem ser vazado. Por outro lado, seu ataque foi efetivo em 29 partidas. O ataque rubro-negro é detentor da melhor média de tentos por partida – 1,97.

O aproveitamento do Flamengo (67,7%) nesta temporada só está atrás de Atlético-MG (75,5%), Fortaleza (71,6%) e Atlético-GO (68,6%). O Palmeiras, com 65,8%, fecha o top-5 da elite do futebol. Os três primeiros colocados disputaram 34 jogos em 2021, enquanto o Mais Querido esteve em campo 33 vezes.

Com o quarto melhor aproveitamento entre clubes na temporada, Renato Gaúcho se prepara para dar continuidade ao trabalho iniciado por Jorge Jesus. O primeiro desafio é contra o Defensa y Justicia, na Argentina, pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores. A bola vai rolar nesta quarta-feira (14), às 21h30 (horário de Brasília).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Resta desejar boa sorte. Que estreie com o pé direito e faça esse elenco render o que pode. O primeiro mandamento é NÃO INVENTAR. O segundo é, até que tenha conhecimento do grupo, JOGAR O FEIJÃO COM ARROZ. O terceiro é UTILIZAR A BASE onde está o verdadeiro sangue rubro-negro. O quarto é SE LIVRAR DOS SANGUESSUGAS, atletas que recebem altos salários e nada produzem, são inconfiáveis (Vitinho, Leo Pereira, Bruno Viana). O quinto é REFORÇAR O ELENCO COM CONTRATAÇÕES PONTUAIS. Aí estaremos de volta ao outro patamar de onde descemos desde o Domenec.