Zinho se derrete por Michael, mas crítica atuação contra o Defensa: “Pior jogo do Flamengo”

FOTO: DIVULGAÇÃO/CONMEBOL

Na noite desta quarta (14), o Flamengo bateu o Defensa y Justicia por 1 a 0, na Argentina, no jogo de ida das oitavas de final da Libertadores. A atuação da equipe comandada por Renato Gaúcho, que estreava à frente do Mais Querido, foi tema nas mesas de debate. Outra pauta que deu o que falar foi o desempenho de Michael, autor do gol da partida. O camisa 19 vem chamando tanto atenção, que Zinho, ex-jogador do Rubro-Negro e atualmente, comentarista, se rendeu ao atacante.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


O Renato [Gaúcho] gosta do cara aberto na ponta, que dá essa velocidade, e realmente o Renato apostou nisso e nisso ele foi bem. Porque quem que define o jogo é o Michael […] Mas eu não concordei quando ele tirou o Michael. Pra mim, era o melhor jogador do ataque e ele tirou —, disse me sua participação no “BB Debate” da ESPN.

Na vitória contra o Defensa, o Fla apresentou um estilo de jogo atípico. A equipe foi superada na maioria dos fundamentos em que costumeiramente ganha do adversário como posse de bola e finalização. O time também apresentou muita dificuldade na saída de jogo e para manter o controle da ‘pelota’. Segundo Zinho, foi a pior jogo do Rubro-Negro nas duas etapas.

Venceu, resultado ótimo, mas, tecnicamente, muito abaixo e principalmente os protagonistas do time. Jogaram mal todos eles no mesmo jogo. Foi o pior jogo do Flamengo, nos dois tempos —, finalizou.

Agora o Flamengo volta sua atenção para o Brasileirão. No próximo domingo (18), o Mais Querido volta a campo para encarar o Bahia, às 18h15m, na Fonte Nova. Você pode acompanhar o duelo pela transmissão mais Rubro-Negra da internet, no Coluna do Fla, com Rafael Penido na narração, Tulio Rodrigues nos comentários e Letícia Marques na reportagem.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • O Acéfalos burro comentando baixo é um doente por Renato. Com este não tem esquema, só motivação, é confiar somente na sorte (ex Micael) e capacidade técnica dos jogadores (Arrasca, Gabi Gol). Desde 2019 o FLA nunca jogou tá ruim como quarta, nem com todos os desfalques ocorrido na época de Domi e Ceni.
    Querem o Mengo dominante com 3 zagueiros, 2 volantes, nem Abel Braga foi tão burro, elo amor de Deus

  • O Flamengo não marca, apenas cerca,. Jogou contra o Defensa, time com excelente preparo físico, marcaram com muita intensidade, não deixaram o Flamengo jogar. Talvez isso foi bom para o Flamengo que se obrigou a fica na defesa. Se o Flamengo partisse para cima, certamente tomaria gol de contra ataque ou lançamento longo. Se o Gabigol não fosse fominha de gol, a bola que ele chutou sem ângulo, poderia dar um corte para direita, ficaria com melhor ângulo para colocar a bola no gol com aperna direita ruim, ou dar o passe para o jogador do Flamengo que vinha entrando na área de frente para o gol. São detalhes que passam despercebido pela maioria dos comentaristas