Renato pede para não viajar para jogo contra o ABC, e Flamengo libera; ideia é focar em treinos com grupo ‘principal’

FOTO: MARCELO CORTES/FLAMENGO

Neste domingo (01), o Flamengo venceu o Corinthians por 3 a 1 e confirmou a boa fase na temporada. Desde a chegada de Renato Gaúcho, o Mais Querido está com 100% de aproveitamento e marcou incríveis 24 gols. Dessa forma, de olho no desgaste físico, o treinador foi perguntado sobre poupar alguns atletas na próxima partida, contra o ABC. Com ampla vantagem no agregado, o comandante confirmou que ficará no Rio de Janeiro com os titulares.

Vale destacar que, a manobra não é algo incomum para a carreira de Renato. Isso porque, quando estava no Grêmio, o treinador tinha costume de poupar titulares em partidas de maior tranquilidade e sequer viajar com o grupo. Dessa forma, o comandante rubro-negro afirmou que não irá para Natal e comandará semana de treinos com os titulares. O objetivo final é repassar alguns ajustes na intensidade do Mengão e poupar os atletas fisicamente.

É difícil, quase impossível, jogar sempre com a mesma equipe e manter o padrão, especialmente a cada três dias. Essa semana conversei com o Marcos Braz e pedi autorização da parte dele pra levar outra equipe pro jogo contra o ABC. Vou poupar todos e ficar com os titulares. Preciso desse tempo para colocar mais ideias e vou aproveitar bem essa semana, já pensando nos próximos jogos. Vai o Alexandre para Natal e eu vou treinando. Aqui do Rio, através do telefone, eu ajudo eles durante a partida. Temos uma boa vantagem mas nada definido – disse o treinador.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Com os titulares e o técnico Renato Gaúcho poupados, a equipe alternativa do Mais Querido terá de representar no jogo de volta da Copa do Brasil. A partida contra o ABC acontecerá nesta quinta-feira (05), às 21h30 (horário de Brasília), na Arena das Dunas. Como venceu por 6 a 0 na ida, o Flamengo apenas ‘cumpre tabela’ diante dos potiguares, a fim de confirmar a classificação para as quartas de final.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Vovô Bombado, desde quando o técnico precisa estar presente para ver as atuações de um jogo? E o auxiliar dele, Alexandre, tem respaldo para indicar e influenciar nas escolhas do
    técnico. Além disso, o certo é que ninguém queira aparecer, mas sim fazer “o time” mostrar
    que podem contribuir no conjunto, o que, pra isso, basta meterem nova goleada de, pelo
    menos, 5 x 0.

  • Com uma vantagem dessa eu concordo em poupar sim o time titular. Lembramos que os titulares não ficarão em casa, mas realizando trabalhos táticos durante uma semana inteira. Concordo em 100 por cento, o placar foi elástico, por isso concordo com a postura. Vamos em busca de todos os títulos nesse nível.

  • Vai começar a palhaçada, poupar o time é uma coisa, mas poupar o técnico. Os jogadores que vão estar em campo iriam querer mostrar serviço ao chefe, falta de respeito e proficionalismo, além das experiências mal sucedidas no Grêmio.

  • Tem que poupar.mesmo. Não adianta arrebentar com os atletas. Até no brasileiro vai precisar poupar em alguns jogos. O time B eh bom e precisar dá ritmo para todos.