Com empate para o América-MG, Flamengo pode perder duas posições na tabela; entenda

Na manhã deste domingo (26), o Flamengo deixou a desejar e empatou em 1 a 1 com o América-MG. O resultado negativo pode ser ainda pior para os torcedores no final do dia. Isso porque, Fortaleza e Red Bull Bragantino ainda jogam na rodada e, caso vençam, ultrapassam o Mengo na classificação geral.

Com o empate, o Flamengo, até o momento terceiro colocado, chegou aos 35 pontos e está há três do Palmeiras e 11 do Atlético-MG. Agora, os rubro-negros precisam torcer por tropeços de Fortaleza e Bragantino, ambos com 33. Se apenas um desses times vencer, o Mengo cai para a quarta posição. Se os dois ganharem, fica em quinto lugar.


Saiba como lucrar com apostas esportivas!


Para a torcida, o empate teve gosto de derrota por dois motivos: a péssima atuação do Flamengo e o erro do Renê, que permitiu o gol adversário faltando dois minutos para o fim da partida. Aos 43 minutos, Michael fez uma jogadaça e conseguiu o que seria o ‘tento salvador’ da vitória Rubro-Negra. No entanto, aos 46, Renê não conseguiu acompanhar Alê, que subiu para estufar as redes de Gabriel Batista e deixar tudo igual no marcador.

Apesar do resultado negativo, o Campeonato Brasileiro ainda não está perdido para o Flamengo. O Rubro-Negro tem dois jogos a menos em relação a Atlético-MG e Palmeiras, líder e vice do torneio, respectivamente. E contra o Athletico-PR, próximo compromisso pela competição nacional, tentará se reerguer.

Enquanto isso, o Flamengo muda o foco e se concentra no jogo contra o Barcelona de Guaaquil, pela volta da semifinal da Libertadores. A bola vai rolar na quarta-feira (29), no Equador, às 21h30 (horário de Brasília).

VEJA A ANÁLISE DE FLAMENGO X AMÉRICA-MG:

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Uma pena! Poderia ter ficado bem próximo do primeiro colocado . Estamos sujeitos a dar adeus ao tri no brasileirão por uma opção injustificável.

  • Defesa “sem vergonha” e falta de controle em minutos finais de partidas.
    MAIS UMA VEZ, QUEM DISPUTA A BOLA DO GOL ADVERSÁRIO FOI O RENÊ, QUE NÃO ESTÁ BEM, SOB O OLHAR INCOMPETENTE DE LÉO PEREIRA.
    No jogo contra o Grêmio, foi assim, aos 48 minutos do primeiro tempo e agora, aos 50 do segundo tempo, perdendo a vitória que consolidaria o Mengão na segunda posição da tabela.
    Michael não pode ficar fora. BH ou Vitinho tem que dar vaga para o jogador.
    BH joga bem quando o Arrasca e/ou Gabi está em campo. SÓ!!!