“Flamengo é o malvadão, Palmeiras o bobo da corte e o Atlético-MG o maior hipócrita”, ironiza comentarista sobre retorno do público

FOTO: ANDRÉ DURÃO

O Resenha ao vivo, o programa diário do Coluna do Fla, no Youtube, que começa às 19h30m, debateu sobre a nova tentativa do Flamengo junto ao STJD para fazer valer a liminar que obteve em que lhe dava direito de ter torcida nos campeonatos organizados pela CBF, como Copa do Brasil e Brasileirão.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


O comentarista Tulio Rodrigues falou sobre a postura das demais equipes que são contra o Rubro-Negro sob o argumento da isonomia do futebol brasileiro. Ele lembrou da postura do Atlético. A equipe mineira, que ainda tem de posse a mesma liminar que o Fla, se juntou as demais equipes, recuou, disse que não colocaria público em seus jogos, mas vai enfrentar o Palmeiras no Mineirão pela Libertadores com apoio dos seus torcedores, enquanto o adversário não terá o mesmo direito.

A questão de isonomia, a gente sabe que não tem. Todos os clubes, assim como o Flamengo, pensam só pensam em si mesmo. O Flamengo pediu para paralisar o Brasileirão durante a Copa América, algo que beneficiaria vários clubes com jogadores convocados e ninguém foi brigar junto em nome da isonomia. Agora, a CBF remarcou os jogos do Fla e serão 4 em oito, nove dias, com intervalo de 48 horas e achei que os demais clubes seriam contra também em nome da isonomia. Afinal, nenhum teve jogos em sequência dessa forma —, disse.

Por que não derrubaram também a liminar do Atlético? É a mesma do Flamengo. A liminar do Cruzeiro? Se o Atlético quiser hoje, pode ter público nos seus jogos na Copa do Brasil e no Brasileirão. Sobre esse assunto do retorno do público, se o Flamengo é o ‘malvadão’, o Palmeiras é o ‘Bobo da Corte’ e o Atlético o maior hipócrita. Fizeram uma política de ficar bem com todo mundo. Tem a mesma liminar, ameaçou de colocar torcida caso o Flamengo colocasse, mas vai ter público no seu jogo pela Libertadores com o seu ‘aliado’ Palmeiras, que vai jogar com o estádio vazio —, complementou.

Veja como foi o Resenha desta terça (21) e deixe a sua opinião:

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Eu sabia que a farsa da “TAL ISONOMIA’ iria durar pouco. O galo jogou no allianz contra o
    palmeiras sem público, o jogo de volta em Minas terá público, agora a pergunta que não cala
    aonde estão o presidente e o vice jurídico do grêmio pra falar que o atlético mineiro é um
    clube sem “etica” e os demais adjetivos dirigidos ao flamengo, todos caladinhos. O galo está
    numa situação financeira complicada, a dívida dos caras está subindo e este ano já chegou
    a 34 milhões, daqui há pouco aqueles jogadores caríssimos começam a sair e adivinha quem
    vai continuar reinando soberano no Brasil e América do Sul sozinho e sem ninguém pra fazer
    sombra, vou falar aquilo que você já sabe, o mengão malvadão.

  • Hipocrisia pura. Como o Palmeiras não consegue se impor na bola, passa a usar desses expedientes. Aliás, com a bolinha medíocre que jogou ontem, o Flamengo prepare-se para pegar o galo na final da Liberta.