Renato Gaúcho busca manter invencilidade com Flamengo na Copa Libertadores

FOTO: MARCELO CORTES/FLAMENGO

O Flamengo entra em campo na noite desta quarta-feira (29), para dar mais um passo importante na busca pela ‘Glória Eterna’. A partir das 21h30 (horário de Brasília), o Mais Querido enfrenta o Barcelona de Guayaquil (EQU), pelo segundo e decisivo jogo da semifinal da Libertadores da América. Na competição continental, o técnico Renato Gaúcho está invicto desde que assumiu o Fla.

Até o momento, Portaluppi defende 100% de aproveitamento do Rubro-Negro na Libertadores. Sendo assim, em cinco partidas disputadas na competição continental, o Flamengo venceu as cinco. Além disso, o Mais Querido totaliza 16 gols marcados e apenas três sofridos, com um saldo de 13 tentos.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Considerado um técnico ‘copeiro’, Renato Gaúcho terá somente dois desfalques para o confronto desta noite: Thiago Maia e Léo Pereira. Enquanto o volante sequer viajou depois de sentir dores na coxa esquerda, o zagueiro cumpre suspensão automática após ter sido expulso no jogo de ida, em pleno Maracanã.

Com Renato Gaúcho pronto para fazer história, o Flamengo está a 90 minutos de disputar mais uma final de Libertadores. Vale ressaltar que, para a partida de logo mais, o Mais Querido tem a vantagem do empate e pode perder por até um gol de diferença que, ainda assim, se classifica para a decisão do torneio.

Caso avance, o Rubro-Negro enfrentará o Palmeiras, no dia 27 de novembro, no Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai. O Alvinegro despachou o Atlético-MG na última terça-feira (28) mesmo com o empate em 1 a 1. Agora, resta saber se a Libertadores terá, novamente, uma decisão brasileira.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Diego ou Andreas? Ambos são excelentes opções! Mas a experiência do nosso capitão pesará mais e de cara escalaria ele para ditar o ritmo e a cadência, além de desafogar lá trás (sofremos um gol do America-MG justamente pela falta dele). Mas no segundo tempo, lá pelos 15~20min eu o trocaria pelo Andreas!

  • Urubu, vemos e pensamos diferente. O Diego voltou bem logo no primeiro jogo. Conforme disse, Arão e Diego seguram mais. Com Andreas ficou um buraco no meio. Tudo bem, está se adaptando, tanto ao BR qto ao esquema. Eu gostei muito dele, é o q estávamos precisando. Mas, o Barcelona vai vir com tudo! Não será mole segurar a bola ali no meio p tentarmos o ataque rápido. Andreas p enquanto não tem fôlego, pode perder a bola e… Vai ser o jogo mais difícil de todos, pois são rápidos e precisos. Nem sempre teremos um santo no gol p nós salvar, como da outra vez… Saudações, urubu!

  • Pedro
    Discordo de vc,Diego está sem ritmo de jogo e é um jogador para se colocar nos minutos finais se estivermos em vantagem pois,ele sabe segurar a abola e acalmar os ânimos . Andreas marca bem além de chutar de fora da área está com um ritmo de jogo mais apurado,o jogo de hoje será bem corrido e espero que nossos craques,principalmente o Arrascaeta esteja em um dia inspirado.

  • Se começar com o Andreas no lugar do Diego Ribas ja começará mal, Renato. Pois o meio fica mais consistente e seguro com Arão e Diego. No seg tempo, c os times mais abertos p os contra ataques, aí sim, poderá botar o Andreas ou o Vitinho. Temos tudo ou todos p tudo dar certo. Espero que sua mente esteja lúcida como nas goleadas p poder agir bem e mexer certo.