Renato Gaúcho exalta desempenho dos jogadores do Flamengo e destaca aplausos da torcida do Barcelona

FOTO: MARCELO CORTES/ FLAMENGO

O Flamengo deu mais um passo rumo à Glória Eterna na última quarta-feira (29), ao eliminar o Barcelona de Guayaquil. O jogo terminou 2 a 0 (4 a 0 no agregado), com todos os gols marcados por Bruno Henrique. A torcida equatoriana ‘inflamou’ o time na busca pelo resultado, mas não foi o suficiente. Ao final da partida, os adeptos reconheceram a superioridade e aplaudiram o elenco Rubro-Negro. Depois da partida, Renato Gaúcho elogiou a atitude dos que estavam no Estádio Monumental.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


— É o que eu falei, acho que hoje o mais importante era conseguir o nosso objetivo: a vaga para a final. A equipe se comportou muito bem, ela ficou focada o tempo todo, ela excedeu na parte tática, física e técnica. Eu fiquei muito feliz e já dei os parabéns a eles. Como eu falei, acho que o maior reconhecimento disso é a torcida adversária aplaudindo na saída de campo – , disse Renato Gaúcho após o jogo.

— O Flamengo mereceu esses aplausos, por tudo que eles fizeram hoje durante os 90 minutos, e agora é comemorar. Na sexta-feira a gente começa a pensar no Brasileiro. Agora é um fato, uma coisa é certa, o Flamengo já está na final da Libertadores -, completou.

Com o resultado, o Flamengo chegou na segunda final da Copa Libertadores nos últimos três anos e enfrenta o Palmeiras. Essa será a primeira partida entre as equipes pelo torneio continental e coloca a rivalidade interestadual na disputa da Glória Eterna. A decisão será no dia 27 de novembro, no Estádio Centenário, em Montevidéu.

O Flamengo agora muda o foco e se prepara para o confronto contra o Athletico-PR, no domingo (03). O jogo é válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 16h (horário de Brasília), no Maracanã. O Rubro-Negro quer retomar o caminho das vitórias na competição. Atualmente, o Mais Querido ocupa a quarta posição com 35 pontos, enquanto o Furacão está em nono lugar, com 30.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *