Comentarista ‘crava’ que Flamengo não tem chances no Brasileirão e aponta Atlético-MG como favorito

FOTO: GILVAN DE SOUZA/FLAMENGO

O Flamengo está no caminho para o tri do Campeonato Brasileiro. O clube tem chances de levantar mais um troféu, mesmo com 11 pontos de diferença para o Atlético-MG. O Mais Querido conta com duas partidas a menos que o atual líder do torneio. Dessa forma, para o comentarista Casagrande, atualmente o Alvinegro tem mais chances de ser campeão nacional.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


— O Flamengo tem dois jogos a menos. Se ganhar, fica muito perto do Atlético, mas eu acho, na minha opinião de momento, porque opinião é sempre de momento, que o Galo é muito favorito para ganhar o título, neste momento, pelo que faz no Campeonato Brasileiro. É um time que foi montado para ganhar tudo. Por isso, o Cuca jogava as cartas em todos os torneios. Caiu fora de um, está indo pra cima dos outros dois. Mas a preferência, se for para ganhar um só, é o Brasileiro que o Atlético quer -, disse o comentarista durante o programa Seleção SporTV.

Atualmente, o Flamengo conta com o melhor ataque da competição com 39 gols, enquanto o Atlético-MG tem a defesa menos vazada no torneio. O Mais Querido segue vivo no sonho da ‘Tríplice Coroa’ e busca repetir o ano mágico de 2019, e conquistar a Copa do Brasil, único troféu que o time não faturou na ‘Era Landim’.

Na busca pelo tri do Brasileirão, o Flamengo enfrenta o Bragantino nesta quarta-feira (06). O jogo é válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, e será realizado às 20h30 (horário de Brasília), no Estádio Nabi Abi Chedid. O Mais Querido ocupa a terceira colocação, com 38 pontos, enquanto o Braga está em quinto lugar, com 34. A transmissão mais rubro-negra da internet, você encontra no Coluna Do Fla, via Youtube.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Sei não. O atlético com seu treinador retranqueiro se porta como time pequeno contra os grandes. Seu treinador é pequeno e não sabe explorar o elenco que tem. Depende de jogadas individuais e força fisica de alguns jogadores. Mesmo com enorme vantagem foi eliminado pelo verdão em BH. Se marcar alguns jogadores que dão o chutão pára o “Esverdeado” acabou o time. E não podemos esquecer que o cuca, que mais pareçe uma boneca de filme de terror, adora ser vice campeão e chorar, lembram do chororo do Botafogo quando perdeu o campeonato? O treinador era o cuca retranqueiro.

  • Não concordo (em parte). Apesar dos problemas e desfalques, o Flamengo tem um elenco poderoso e com peças no banco que podem fazer a diferença, se estiverem bem encaixados e com ritmo de jogo. Ao invés de culpar a ausência dos selecionáveis, deveriam aproveitar estes momentos para construir um estilo de jogo “modo B”, para aproveitar ao máximo as qualidades dos jogadores reservas que irão subsituir os titulares. Pedro, Vitinho, Michael, Andreas, Thiago Maia por exemplo, são jogadores que seriam titulares em qualquer time do Brasil, mas não podemos esperar a mesma performance e jeito de jogar dos titulares.
    PS.: para a nossa sorte, o Tite não convoca BH e nem WA…

  • Casagrande jogou no Mengão e se declarou à torcida, como o Mengão sendo o seu segundo clube de coração, mas não esconde a torcida única pelo Corinthians. É totalmente compreensível.
    Às vezes, parece que torce (fortemente) contra o Flamengo e até se posiciona de forma desnecessária e improdutiva sobre aspectos imprevisível.
    É claro que o CAM, sendo o atual líder, jogando bem e dependendo somente de si para ser campeão, é o favorito para a conquista do brasileiro. Entretanto, se considerarmos os pontos perdidos, a diferença do clube mineiro sobre o Mengão é de 5 pontos, ou seja, se o Galo empatar 1 jogo, o Mengão volta a depender somente de si, para ser tri, pois ainda vai jogar contra o CAM……ou seja, tem muita coisa para rolar e mudar, neste brasileiro.
    A maior vantagem do galo é que Hulk não tem sido chamado por Tite, para a seleção (o que é uma injustiça, considerando que Antony, Raphinha, Matheus Cunha e Vinícius, na seleção, não apresentaram nenhum futebol que convencesse a torcida.

  • Na minha opinião, apesar do Renato ter vacilado ao poupar alguns titulares principalmente na partida contra o América- MG, a grande vantagem do Atlético mineiro é não perder Hulk e Nacho Fernandez nas datas FIFA. Imaginem se o Mengão tivesse jogado todo o Brasileirão com Arrascaeta, Evérton Ribeiro e Gabigol( considerando que Renato também não os poupasse fora das datas FIFA), quantos pontos a mais o Flamengo teria! É um campeonato sem isonomia porque a seleção brasileira está desfalcando o melhor elenco da competição, favorecendo o galinho assado de Minas.