Comentarista critica substituições e questiona opção por Gustavo Henrique como centroavante: “Frustração”

FOTO: COLUNA DO FLA

No último domingo (17), o Flamengo empatou com o Cuiabá por 0 a 0, no Maracanã, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro chegou a abrir o placar, no entanto, o gol de Michael foi anulado pelo VAR. Durante o pós-jogo, a mesa redonda do Coluna do Fla analisou o resultado e rasgou críticas a Renato Gaúcho.

De acordo com o narrador Rafa Penido, o Mais Querido não poderia ter perdido ponto para o Cuiabá, principalmente pelo fato do Atlético-MG ter sido derrotado pelo Atlético-GO nesta rodada. Além disso, o comentarista Roberto Nazário foi o primeiro a questionar as substituições de Renato Gaúcho. Para ele, substituir Gabigol com o Flamengo precisando de gol não foi correto.

— Frustração total. Eu não consigo entender a troca do Gabigol. Ao invés de tirar o Gabi quando a gente precisa de um gol, por que não tirou um zagueiro? Recuava o Arão, continuava com o Thiago Maia e colocava o Kenedy, o Vitor Gabriel. O Flamengo precisava de um gol, um gol para ficar mais perto do Atlético-MG – desabafou Nazário antes de completar:

— No primeiro tempo, o Flamengo poderia ter paciência. No segundo tempo, era mudança de postura. Não é colocar o Gustavo Henrique dentro da área para depender de cruzamento. Ele não é centroavante. Daqui a pouco o Hugo Souza vai jogar de lateral. Eu não me lembro de nenhum treinador pegar um zagueiro e colocar dentro da área só porque ele é alto – finalizou.

VEJA O VÍDEO:


Quer comprar produtos do Flamengo pela internet? Conheça a loja mais rápida e segura!


Agora, o Flamengo vira a chave e foca na Copa do Brasil. Isso porque, o compromisso de quarta-feira (20) é contra o Athletico-PR e é válido pela partida de ida da competição de mata-mata. O duelo está marcado às 21h30 (horário de Brasília), na Arena da Baixada.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Urubu_rei! Com todo respeito ao teu raciocínio, o que o amigo parece não ter percebido é que, o Galo ontem não perdeu absolutamente nada e sim GANHOU dois pontos. A partir de agora lamentavelmente, o Flamengo segue no campeonato ‘dependente de resultados’. Será que eles vão deixar 6 pts pra gente? Tomara que sim pq este filme assistimos ano passado, ‘último jogo do campeonato, decisão’, onde ganhamos o bi campeonato c/a diferença exatamente de 1 pto do Inter. Isso quer dizer que, levamos mais pela incompetência dos outros do que por nossos méritos. Mas tdo bem, vamos em frente, desanimar jamais, torcer pela incompetência dos outros, sempre…

  • As vezes acho que a galera esquece que o Atlético PERDEU. Se nós estamos chateados por ter empatado com o Cuiabá, imagina se tivéssemos perdido. Diminuímos 1 ponto pro galo, temos dois jogo a menos e o confronto direto. Falta muita coisa ainda, não é hora de desanimar.

  • Esse Renato “fanfarrão” (5 x 0), é uma cópia piorada do Domènec Torrent (outro 5×0), aquele que colocou o Renê e Rodrigo Caio de lateral direita e só faltou colocar o goleiro pra jogar na linha. Ontem Jorginho demonstrou com sua tática, como parar o ataque do Flamengo com inteligência e futebol bonito. Flamengo nessa Brasileirão, não conseguiu aproveitar um tropeço do pessoal da frente pra reduzir a diferença. Agora é torcer pelo resultado Galo x Porco e a gente ganhar no confronto direto, do contrário pode entregar a taça para o Galo e prepararmos para a Libertadores. Espero que a Copa do Brasil venha pra Gávea do contrário o Vereador já pode sondar um técnico a altura desse time para próxima temporada. Que técnico é esse que saca o Michel (peladeiro) que faz bons lançamentos para colocar um zagueiro (lerdo) como centroavante? PQP***

  • Brasileirão GAME OVER.

    Um time que nao consegue vencer o anti jogo do poderosíssimo Cuiabá NAO merece ser campeao.

  • O Renato ontem se superou inventou tanto ke o flamengo quase perde pro Cuiabá …com ele o joao Gomes ke era titular nem entra #fora gaucho