Comentarista sai em defesa de Everton Ribeiro e pede reconhecimento da torcida do Fla: “Vamos enaltecê-lo também”

FOTO: MARCELO CORTES/FLAMENGO

Em virtude de atuações irregulares, Everton Ribeiro vinha tendo sua titularidade questionada nos últimos meses por parte da torcida do Flamengo. No entanto, o camisa 7 tratou de provar toda sua qualidade e calar os críticos. Na partida de volta da semifinal da Libertadores, o jogador ‘comeu a bola’, regeu o meio-campo rubro-negro e ajudou o Mais Querido a se classificar para decisão. Diante da excelente apresentação do atleta, Abel Neto, comentarista dos Canais Disney, saiu em defesa do craque.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Contra o Barcelona de Guayaquil, Everton Ribeiro foi o responsável pelas duas assistências para Bruno Henrique balançar as redes. Com isso, o meia, que tem sido nome recorrente nas convocações do técnico da Seleção Brasileira, Tite, alcançou a marca de 44 passes para gol vestindo o Manto Sagrado. Para Abel Neto, o camisa 7 merece respeito e reconhecimento da torcida rubro-negra.

— Queria mandar um recado para os corneteiros que falaram e defenderam a saída do Everton Ribeiro do time. Realmente ele teve uma queda de rendimento em relação a 2019, mas não justifica pedir a saída do cara do time. Oscilação todo mundo tem, o Bruno Henrique oscilou no início do ano passado com o Dome, então você tem que ter paciência -, disse, antes de completar:

— Até porque, mesmo na fase não tão boa, o Tite continuou levando o Everton Ribeiro para Seleção Brasileira e ele teve boas atuações. Já estamos enaltecendo o Bruno Henrique pelas semifinais, vamos enaltecer também o Everton Ribeiro, que deu duas assistências e jogou um grande futebol.

Com o camisa 7 à disposição do técnico Renato Gaúcho, o Flamengo agora vira a chave e foca as atenções na disputa do Campeonato Brasileiro. Neste domingo (03), a partir das 16h (horário de Brasília), o Rubro-Negro encara o Athletico-PR, no Maracanã, pela 23ª rodada da competição nacional de pontos corridos.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *