Ex-dirigente do Flamengo aponta ‘irresponsabilidade’ do STJD em ordernar que Fla libere ingresso para Atlético-MG

FOTO: MÁRCIO ALVES/O GLOBO

Neste sábado (30), Flamengo e Atlético-MG têm um ‘encontro’ marcado pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para o confronto, o clube mineiro solicitou ao STJD que o Fla liberasse uma carga de aproximadamente 10% de ingressos para a torcida atleticana. O Tribunal acatou o pedido e obrigou o Mais Querido a destinar a parte que cabe ao time de Minas Gerais. Nas redes sociais, o ex-dirigente do Rubro-Negro, Wallim Vasconcellos, soltou o verbo.

Vice-presidente de finanças do Flamengo em 2019, Wallim criticou a decisão do Superior Tribunal em ordenar que o Clube da Gávea liberasse os bilhetes para a torcida visitante: “Irresponsabilidade do STJD; 1- é impossível implementar protocolo sanitário um dia antes do jogo; 2- vai ter confusão na entrada, porque a maioria será barrada; 3- Atlético tem que pagar os ingressos até dia 01/11, ou seja, Fla não vai receber. Melhor pagar a multa de R$ 100 mil”, disse o ex-dirigente através do Twitter.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


O Flamengo chegou a enviar um ofício ao STJD com o objetivo de explicar seu posicionamento em relação à venda de ingressos para a torcida visitante, no caso, a do Atlético-MG. O Rubro-Negro ainda não havia dado satisfação sobre a comercialização e foi justamente esse silêncio que fez com que o Alvinegro acionasse oficialmente o tribunal.

Com os bastidores agitados, Flamengo e Atlético-MG medem forças neste sábado (30), a partir das 19h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo do Premiere, no pay-per-view. No entanto, como de costume, o Coluna do Fla comandará a narração mais rubro-negra da internet, na voz de Rafa Penido, no YouTube. O duelo, válido pela 29ª rodada do Brasileirão, pode garantir o título matematicamente ao time mineiro.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *