“Flamengo fez um bom jogo, tenho que parabenizar”, diz Renato após empate sofrido contra o Athletico

O Flamengo foi a Curitiba enfrentar o Athletico Paranaense, na noite desta quarta-feira (20), e ficou no empate em 2 a 2, pelo primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil. Apesar de ter sofrido a virada e chegado ao segundo gol já nos acréscimos da partida, Renato Gaúcho parabenizou equipe e ressaltou a dificuldade de jogar na Arena da Baixada em entrevista coletiva, após o apito final.

– Eu respeito a opinião de todo mundo. A minha equipe fez um bom jogo hoje, apesar das dificuldades que encontramos. Não é fácil jogar aqui dentro. O gramado prejudica bastante. Se você for ver as oportunidades de gols, criamos mais que o Athletico. Nós competimos. Tenho que parabenizar minha equipe, porque saímos vivíssimos e temos mais 90 minutos na nossa casa, com a nossa torcida.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Como mencionado, o Flamengo saiu na frente do marcador. Quem balançou as redes foi Thiago Maia, no primeiro tempo. Contudo, o Mengo sofreu um “apagão” e acabou levando dois gols de cabeça na segunda etapa. O resultado permaneceu até os acréscimos, quando Rodrigo Caio sofreu pênalti e Pedro deixou tudo igual no marcador.

Com o empate por 2 a 2, Flamengo e Athletico deixaram tudo em aberto para o jogo de volta, que acontece na próxima quarta-feira (27), no Maracanã. Antes disso, no entanto, o Rubro-Negro tem um importante compromisso, pela 28ª rodada do Brasileirão, quando enfrenta o Fluminense. O clássico carioca está marcado para as 19h (horário de Brasília) do sábado (23) e, com dez pontos a menos que o líder Atlético-MG, o Fla só pensa na vitória para seguir na briga pelo título.

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Se vc tem dificuldade de interpretar um breve comentário, aí é um problema cognitivo grave.

    Releia e verá: eu disse que ‘o renato acha que para vencer basta colocar atacantes e seja o que Deus quiser’. Ou seja, estou atribuindo o complemento ao sujeito Renato.

    É nítido que o futebol do time involuiu com ele.

    Se liga!

  • Enquanto vc contar com o “Seja o que Deus quiser! ” Ainda penso que quem tá lá, sabe um pouquinho mais!

  • Esse treineiro acha que o torcedor é palhaço?
    Que bom jogo foi esse?
    Fomos dominados, erramos a saída de bola, a transição, fomos displicentes, sem compactação, desorganizados e léo pereira falhou nos dois gols.
    Os caras jogando com vontade e a gente com apatia.
    Alguém tem que dar uma prensa nesse mané.
    Acha que buscar a vitória é colocar todos os atacantes e seja o que Deus quiser.
    O time do ‘alberto valentim’ foi mais organizado que o nosso!!!
    Tirou o Andreas da sua posição de origem (segundo volante) e ele já não rende o mesmo futebol. Tudo para cavar o lugar do chefinho do vestiário, o diego.
    Além de fraco é paneleiro.
    Agora só falta poupar o time contra o fluzinho e entregar o brasileiro no domingo.