Flamengo sofre com mais lesões na atual temporada que em 2019 no mesmo período

FOTO: REPRODUÇÃO

O número de lesões no Flamengo vem tomando conta da imprensa esportiva, além das redes sociais. De julho a outubro, 12 atletas diferentes foram desfalques em 23 oportunidades, sendo 20 contusões musculares. No entanto, um ponto importante é o comparativo com a temporada de 2019. Em 2021, o Rubro-Negro tem seis lesões a mais na mesma quantidade de jogos.

Até 11 de outubro, o Flamengo realizou 56 partidas, curiosamente, a mesma quantidade desta data em 2019. Entretanto, no ano da glória, o Mais Querido contabilizava 23 lesões, enquanto nesta temporada, o Fla soma, ao todo, 29. Cabe destacar que, por conta da paralisação da Copa América naquele ano, o calendário de 2021 está muito mais apertado.

Nesta temporada, por exemplo, o Rubro-Negro disputou 56 partidas entre março e outubro. Neste período, teve a disputa da Copa América e três períodos de data Fifa para disputa das Eliminatórias, e somente em um oportunidade houve a paralisação das competições.

ANÁLISE ATÉ 11 DE OUTUBRO:*

TEMPORADA 2019:
56 jogos
23 lesões

TEMPORADA 2021:
56 jogos
29 lesões

*Dados divulgados pelo Globo Esporte


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


Com isso, o Flamengo está em uma sequência ininterrupta, praticamente, desde o segundo semestre de 2020, visto que as competições terminaram em fevereiro e o calendário do novo ano iniciou no mês seguinte. Além disso, o Rubro-Negro tem pela frente, pelo menos, mais 19 jogos. Isso porque, 16 partidas correspondem ao Brasileirão, uma se refere à final da Libertadores e os dois confrontos pela semifinal da Copa do Brasil.

Em meio a isso, Renato Gaúcho vive um dilema para se manter forte nas competições em busca da Tríplice Coroa. Neste momento, o Rubro-Negro possui seis atletas no departamento médico: David Luiz, Arrascaeta, Diego Alves, Bruno Henrique, Diego Ribas e Gustavo Henrique. Com exceção de David, todos os outros atletas serão reavaliados nesta segunda-feira (11), e o técnico espera uma resposta positiva para a reta final da temporada.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *