Haja coração! Flamengo encerra partida com três zagueiros, três laterais e três volantes em campo

FOTO: GILVAN DE SOUZA/FLAMENGO

Após quatro resultados ruins, o Flamengo voltou a vencer e deu um ânimo a seu torcedor na disputa do Campeonato Brasileiro. Encarando o Atlético-MG, o Mais Querido triunfou por 1 a 0, com gol marcado por Michael, ainda no primeiro tempo. O placar, aliás, deu o tom do que aconteceu entre as quatro linhas: um jogo bem disputado, com poucos espaços. Na reta final do confronto, inclusive, o técnico Renato Gaúcho abriu mão de atletas ofensivos para garantir que o Fla não fosse vazado.

Quando chegou ao apito final, a escalação contava com Diego Alves, Isla, Bruno Viana, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Renê; Arão, Thiago Maia, Andreas e Rodinei; Vitinho. Desta forma, o Rubro-Negro tinha três zagueiros, três volantes e três laterais – sendo que Rodinei atuava mais avançado na direita.

A critério de comparação, a escalação inicial foi um 4-4-2, contando com Diego Alves, Isla, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Ramon; Arão, Andreas, Everton Ribeiro e Michael; Gabigol e Bruno Henrique. Com o tempo, porém, todos os jogadores do setor ofensivo foram substituídos.

ASSISTA AO GOL DA VITÓRIA DO FLAMENGO


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Independente do nível apresentado, fato é que o Flamengo conquistou a vitória e encurtou a distância para o Atlético-MG, líder do Brasileirão. Atualmente, a diferença é de dez pontos, com o Rubro-Negro tendo dois jogos a menos. O próximo compromisso do Fla, inclusive, será referente a uma das rodadas atrasadas, encarando o Athletico Paranaense, às 16h (horário de Brasília) da terça-feira (02), na Arena da Baixada.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Para a maioria da torcida o que vale são os 3 pontos independente se o time jogou ou não com 2 goleiros em campo. Melhor assim do que jogar bonito e perder.

  • Mais comédias fazendo comentários! KKK

  • Esse ae e animador de vestiário um ele com cheio de opções terminar o jogo dessa forma e uma vergonha isso mostra como os treinadores brasileiro estão defasados só jogan desse geito.so n ver isso comentarista que defendem e puxam saco desses treinadores o ,Zinho e um desses vive defendendo o Renato que n ver as cantadas que ele faz,
    O Renato dizia que com 200 milhões o time tinha obrigação de jogar bonito,e terminou o jogo ontem do gito que vimos três zagueiros,três três laterais cheio de volantes se fosse seis substituições ele tinha colocado um goleiro.pra ficar dois no gol.

  • É esse o retrato do nosso treineiro!

    Com um elenco desse e jogando em casa, o cara quis segurar o resultado recuando o time e chamando o frango para o nosso campo, em vez de manter a posse de bola no ataque adversário. Pra que se arriscar assim Isso é coisa de Papai Joel, Celso Roth, Felipão e… renato portalupi.

    Por isso vamos apoiar o time, claro, apoiar o FLAMENGO, sempre.
    Mas ao final da temporada, mesmo que o TIME vença a Liberta – digo o time pq só eles podem se unir e resolverem, a despeito de um treinador incompetente e retrógrado como esse – a diretoria deve mandar esse fanfarrão embora e buscar um treinador à altura do time, dos investimentos feitos e das pretensões desse time.

    Não dá. Basta ver que se não fosse o bafo quente da torcida no maracanã, hoje ele jamais teria escalado Ramon como substituto direto de Felipe.

    Que os jogadores se unam e a torcida os empurre, porque não temos treinador. Temos um medíocre e teimoso treineiro que não estuda os adversários, não tem esquema, nem variações e muito menos repertório capaz de extrair o melhor desse time.