Isla comemora gol e vitória do Chile nas Eliminatórias da Copa: “Nunca pare de acreditar”

O Chile entrou em campo no último domingo (10), para enfrentar o Paraguai, pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa. E, para superar o adversário por 2 a 0, a La Roja contou com a ajuda do lateral rubro-negro Isla, que marcou um gol e deu uma assistência, mantendo seu país na briga pela classificação à Copa do Mundo de 2022, no Catar. Nas redes sociais, o jogador do Flamengo postou uma foto com o grupo e comemorou o resultado, bem como o tento feito.

– Tem uma coisa que só o futebol te dá: a oportunidade de reconstruir para continuar, mas para isso é preciso corrigir os detalhes. Você não pode estar sozinho, mas quando você tem a honra de ter grandes companheiros, tudo é possível. Nunca pare de acreditar que a unidade é a base para seguir em frente -, escreveu o jogador.

Com o resultado, os chilenos agora ocupam a oitava posição nas Eliminatórias, com dez pontos somados em 11 partidas. São duas vitórias, quatro empates e cinco derrotas. Contudo, para garantir vaga no Mundial do ano que vem, o Chile precisa figurar entre os quatro melhores, ou terminar em quinto e disputar a repescagem.

 


Camisas do Flamengo, acessórios e muito mais: compre e ganhe brindes na melhor loja online do Mengão!


 

Isla pelo Flamengo

Lateral experiente, Isla chegou ao Fla em 2020, para substituir Rafinha, que foi para o futebol grego. O jogador chegou bem e logo caiu nas graças da torcida, com assistências importantes. Contudo, o chileno viu seu rendimento cair e as críticas aumentarem. No entanto, o lateral também recebeu o apoio de parte da torcida após declarações de insatisfação com a situação. Em determinado momento, o atleta chegou até a dizer que era hora de se aposentar.

 

Como mencionado, Isla está com a Seleção Chilena, que ainda disputa mais um jogo nesta rodada de Eliminatórias, nesta quinta (14), contra a Venezuela. Após o confronto, o lateral se reapresentará ao Flamengo para seguir o planejamento do rubro-negro de conquistar os títulos das Copas (do Brasil e Libertadores) e buscar o tricampeonato Brasileiro. Na ausência do chileno, quem está jogando é o jovem Matheuzinho.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ontem, Isla jogou muito, como todo o time (de faixa etária muito elevada) do Chile.
    Correu como Matheuzinho e Rodinei, deu chutes a gol, fez lançamentos, marcou com eficiência e até fez gol.
    Nos primeiros jogos com a camisa do Mengão, Isla jogou como ontem, mas depois, caiu de rendimento. Ora perdendo bolas importantes e fáceis, ora levando bolas nas costas, ora com receio de lançar bolas….
    Por que Isla não volta do Chile com a pegada de ontem? É isto que a nação espera de um titular indiscutível de uma seleção chilena que, embora muito ameaçada de ficar fora da próxima copa, tem jogadores de excelente qualidade, mesmo estando em idade avançada para o futebol.
    O time do Chile correu e marcou como se todos fossem garotos de 20 a 25 anos. Tudo bem que o Paraguai tem jogadores fracos, à exceção de Antony Silva (goleiraço), Gómez, Alderete (excelente zagueiro, que o Mengão poderia trazer) e Almirón (que não jogou bem ontem, mas é muito bom de bola). O Paraguai, se não consegue fazer gol e ganhar os jogos, tem defesa sólida e empata prá chuchu. Não é tão fácil ganhar deles.