“Pagando o preço”: Renato admite que não tem poupado jogadores após críticas e aponta prejuízo do Fla com desfalques

FOTO: MARCELO CORTES/FLAMENGO

O início avassalador de Renato Gaúcho ao Flamengo tem sido minado depois das últimas atuações e resultados do Mais Querido. A derrota por 3 a 1 contra o Fluminense no último sábado (23), pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, tirou a paciência do torcedor rubro-negro, que passou a pedir que a saída do treinador do comando da equipe. Em coletiva após o revés, Portaluppi voltou a falar sobre o fato de poupar ou não atletas.

Repleto de desfalques, o técnico revelou a única vez em que poupou, de fato, jogadores no Flamengo. Além disso, Renato afirmou que as críticas por parte da torcida fazem com que a equipe jogue, atualmente, sem Bruno Henrique e Pedro, por exemplo. Isso porque, segundo o comandante, se os dois tivessem sido poupados na hora certa, não teriam agravado suas respectivas lesões.

A única vez que poupei jogador desde que cheguei ao Flamengo foi contra o ABC, depois de ganhar por 6 a 0. Hoje, nós estamos pagando o preço pelo Bruno Henrique, porque deveria ter sido poupado. Ele vinha se queixando muito do adutor. Colocamos para jogar no meio dessas críticas. Estourou. O Pedro estava com dores muito fortes no joelho. Levamos para jogar contra o Athletico-PR correndo risco. Jogou 15, 20 minutos e agravou a lesão -, disse.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


Sem tempo para lamentar, o Flamengo vira a chave para se concentrar no seu próximo desafio: o jogo contra o Athletico-PR, pela volta da semifinal da Copa do Brasil. A partida decisiva acontecerá na quarta-feira (27), às 21h30 (horário de Brasília), no Maracanã. Vale lembrar que no primeiro embate, os rubro-negros empataram em 2 a 2 e, por isso, a classificação à final da competição está em aberto.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Lázaro, o Diego foi sacrificado, pois o t. Maia não ajudou nada, deixou ele sozinho e ainda arranjava problema p Diego errando passes. O certo seria por Diego e Arão. O Andreas joga melhor recuado, pois é q nem o Diego, a frente não tem espaço, se enrola, e o time do Flu nunca deixava dar dois passos, logo 2 ou 3 em cima. E sem opção p tocar… Acho q o Andreas tem q ser seg volante mesmo, porém também tem q ser ajudado na marcação, pois não tem muita pegada como o João e o Diego. Por outro lado, o infeli z infelizmente ainda não tentou botar o Andreas como tava, adiantado, mas c o Arão e o Diego atrás, né? E o Vitinho, pra mim é fora de série entrando no seg tempo, c mais espaços p penetrar, mas sem ser egoísta c a bola. Enfim, ufa, o time tem sido tão apático e vazio conforme o próprio comandante. Acho q o Diniz, ou o próprio Dorival seriam os mais inteligente s no Brasil p treinar nosso timaço.l, q o JJ moldou.

  • No mínimo deve estar mentindo p ele mesmo. Esse negócio de dizer que ninguém sabe o q realmente acontece lá dentro… Por que não diz o problema? É coisa errada? Tem segredo de justiça? Desculpa… Ou na vde está querendo esconder a VERDADE c essas desculpas? E sobre a não entrada do Arão e do Isla? Não poderia lança Los no início, até p manter a maturidade, moral e a experiência no time? Garantiria o resultado e depois sim, pouparia eles p quarta-feira. Ele nunca admite os erros, dele, prefere botar a culpa nos jogadores, nos outros. Qdo diz q o time não aguenta, quem não aguenta na vde? Os jogadores… Mas, e as mexidas ou as escalações do outro mundo, q ninguém entende? Isso ele nunca admite q errou. Renato é o maior descupeiro que já vi! Coisa de moleque arteiro, isso sim, seu Renato. E sempre se fazendo de vítima, coitadinho… Que tática barata, não? O time estava bem, porque ele sempre se baseava no time do JJ. E deixava eles jogarem, só aparando as beiradas, mas do time do outro. Será q o Renato poderia ser auxiliar do JJ? Bem, isso só quem poderia dizer é o próprio jesus… Mas, outra coisa q sem querer ele próprio se entregou, pois entrou numa, como esperto, p sair como burro. Ou seja, admitiu q pôs o BH e o Pedro em campo, machucados, sem condições físicas. E o próprio Vitor Gabriel, não é vde? Pois disse q já sabia q ele estava fora de ritmo p jogar… Aliás, nem ritmo né? Fora de jogo, mesmo! Bastava pegar um garoto da base, q tem jogado direto, não? Ah, pegaria mal pro Vitor!… Tudo bem, se não estivesse, como ontem, era só lançar o garoto da base (q nem sem é…). Mas, c certeza seria melhor do q o bom Vitor Gabriel. Na vde o Renato nem foi amigo do Vitor, pois botou ele na fogueira. As vezes o jogador é bom, como o Vitinho, o Andreas, o Diego, mas se for mal colocado em campo… Renato, vc tá mais p malandro espertalhão do como técnico de qualidade. Outra verdade, esta vc vai ter q concordar: como jogador…, aí sim, Renato, vc foi muito bom, mesmo!… Tirando aquela jogada do gol de barriga, q foi do Ailton, né?

  • A função dele não é ficar dando desculpaas sim encontrar soluções…seja no elenco profissional ou na base ….sabia que Luis Henrique jogaria nas costas do Renê w o que fez …colocou Diego sem ritmo para um jogo pegado ….e Gustavo Henrique também sem ritmo ….não lê o jogo e não muda a postura tática da equipe fraco como a maioria

  • A função dele não é ficar dando desculpaas sim encontrar soluções…seja no elenco profissional ou na base ….sabia que Luis Henrique jogaria nas costas do Renê w o que fez …colocou Diego sem ritmo para um jogo pegado ….e Gustavo Henrique também sem ritmo ….não lê o jogo e não muda a postura tática da equipe fraco