Prefeitura libera 100% de público, e Flamengo depende do Governo para ter público total contra o Atlético-MG

FOTO: GILVAN DE SOUZA/FLAMENGO

Em decreto publicado na manhã desta quarta-feira (27), a Prefeitura do Rio de Janeiro retirou qualquer restrição de públicos em estádios para continuidade do calendário nacional. A alteração prevê, portanto, a liberação de 100% da ocupação para torcedores. O projeto ainda depende da sanção de Cláudio Castro, governador do Estado, para entrar em vigor.

De acordo com o Art. 3º do decreto: “Competições esportivas com a presença de público em estádios e ginásios, com esquema vacinal completo ou teste de antígeno ou PCR nas últimas 48 horas”. O documento foi divulgado no Diário Oficial na manhã desta quarta-feira (27).


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Se aprovado, o decreto prevê mudanças apenas na ocupação e liberação dos estádios – mantendo a obrigatoriedade do uso de máscaras no local, por exemplo. O esquema vacinal será considero completo após 14 dias da dose reforçada, em pessoas acima de 60 anos, e mesmo período para validar a segunda dose entre torcedores de 15 a 59 anos.

Com o decreto dependendo de aprovação do governo estadual, não há qualquer alteração sobre o público da decisão entre Flamengo e Athletico, às 21h30 (horário de Brasília) desta quarta-feira (27), pela semifinal da Copa do Brasil. Mais de 22 mil ingressos já foram vendidos para este compromisso.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *