Quarteto mágico do Flamengo pode ultrapassar marca histórica alcançada na ‘Era Zico’

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

O Flamengo se garantiu na final da Copa Libertadores da América 2021 ao despachar o Barcelona de Guayaquil (EQU) na fase semifinal. Embalado pelo ‘quarteto mágico’ formado por Everton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol, o Mais Querido pode chegar à marca que não foi alcançada nem pela ‘Era Zico’.

Isso porque, o quarteto se sagrou campeão da América em 2019 e o bicampeonato pode vir caso o Flamengo passe pelo Palmeiras na final da competição, no dia 27 de novembro. Zico e companhia, no entanto, levantaram o troféu em 1981, quando o Fla foi o vencedor do torneio pela primeira vez na história.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Sendo assim, caso o Flamengo se torne bicampeão sob o poder do ‘quarteto mágico’, o feito será inédito. Vale ressaltar que a decisão da edição 2021 será no mesmo palco no qual o Mais Querido se sagrou vencedor da Liberta pela primeira vez: Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai.

Antes disso, no entanto, o Rubro-Negro vira a chave e foca no Campeonato Brasileiro. Neste domingo (03), a equipe comandada por Renato Gaúcho recebe o Athletico-PR, pela 23ª rodada da competição continental. O confronto acontecerá no Maracanã, a partir das 16h (horário de Brasília).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *