TV detentora do Brasileirão anuncia que não transmite mais o torneio a partir de 2022

FOTO: LUCAS FIGUEIREDO/CBF

Nesta terça-feira (28), o grupo “Turner” anunciou que não transmitirá mais os jogos do Campeonato Brasileiro a partir de 2022. A empresa televisiona as partidas através do canal TNT Sports e possui os direitos da competição desde 2019. 

De acordo com a nota divulgada pela empresa, a decisão “foi tomada porque a oferta de transmissão fragmentada do Campeonato Brasileiro de Futebol não permite à companhia proporcionar uma experiência integral aos seus assinantes”. 

O grupo informou ainda que a falta de jogos exclusivos também foi determinante para o desfecho. Lembrando que a Turner possui contratos para transmissão na TV fechada com os seguintes clubes: Athletico, Bahia, Ceará, Fortaleza, Juventude, Palmeiras e Santos. Porém, só poderia televisionar as partidas em que duas destas equipes estivessem envolvidas no duelo.


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


Confira a nota na íntegra:

“A Turner International Latin America, Inc. – Grupo WarnerMedia, empresa líder em meios de comunicação, notícias e entretenimento, informa que não exercerá o direito de transmitir o Campeonato Brasileiro da Série A, sob a marca TNT Sports a partir de 2022. A decisão não afetará a edição atual do torneio, que será exibida com a mesma qualidade de sempre na PayTV pela TNT e nas plataformas digitais Estádio TNT Sports e HBO Max, até 5 de dezembro de 2021.

A decisão, amparada pela cláusula de saída prevista em contrato, foi tomada porque a oferta de transmissão fragmentada do Campeonato Brasileiro de Futebol não permite à companhia proporcionar uma experiência integral aos seus assinantes. Com venda pulverizada para a TV aberta e outras plataformas, além de outros fatores limitantes como falta de jogos exclusivos e os blackouts, o modelo atual não é sustentável para a companhia.

A WarnerMedia Latin America reforça seu comprometimento com o conteúdo local e continua acreditando no esporte como uma excepcional plataforma para gerar conexões emocionais com a audiência. Neste sentido, seguirá trabalhando para adquirir direitos de transmissão que atendam nossa estratégia de priorizar investimentos em conteúdos mais completos e que proporcionem a melhor experiência aos usuários, sob o slogan da TNT Sports, “Paixão sem Limites”.

Agradecemos imensamente a todos aqueles que participaram deste projeto por terem compartilhado conosco momentos únicos que só o futebol pode criar. Aos clubes parceiros, queremos expressar nossa gratidão e o desejo de sucesso, dentro e fora de campo. Aos nossos fãs apaixonados por futebol, queremos reiterar nosso compromisso de entregar conteúdo de qualidade, com uma oferta cada vez maior de competições, Brasil afora”.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • O que a emissora quis dizer é que se não transmitir os jogos do Flamengo eles não terão lucro satisfatório.

  • se tivesse força, toda rodada teria um jogo exclusivo, Athletico, Bahia, Ceará, Fortaleza, Juventude, Palmeiras e Santos, com esses clubes daria para ter um jogo exclusivo a cada rodada.

  • Nao entendi pq sairam… agora q ia melhorar para eles.

    Atualmente so podem passar jogos das equipes que eles tem contrato e quando elas jogam entre si. Com a nova lei eles poderiam passar sempre q esses times fossem mandantes, o que ia aumentar consideravelmente o numero de jogos que eles poderiam passar nos proximos contratos