Alberto Valentim aponta ‘histórico polêmico’ de Gabigol e detona: “Cria um clima que não precisa”

FOTO: DIVULGAÇÃO / ATHLETICO-PR

No empate entre Flamengo e Athletico-PR nesta terça-feira (02), pelo Brasileirão, houve uma confusão envolvendo Gabigol e o técnico do time paranaense. Na saída para o intervalo, o camisa 9 rubro-negro foi abraçar o lateral adversário Marcinho e conversar com o jogador. Entretanto, Alberto Valentim tentou tirar o centroavante do Mengo e causou uma rusga. Após o confronto, o comandante do rival detonou o atleta do Fla.

Eu falo o seguinte: o que ficou no campo, morre lá, tudo bem. Mas o que a gente tem que ter, independente do adversário, independente do time que você joga, é um pouquinho de respeito só. Isso é o que eu falo sempre. É só você pegar o histórico de alguns jogadores: quantas vezes reclama, quantas vezes é polêmico, quantas vezes cria um certo clima dentro do campo que acaba atrapalhando até a arbitragem, quando você quer criar um clima que não precisa, muitas vezes. Então a única coisa que eu tenho para falar é de respeito, só isso — disse.

Esse clima tenso também esteve presente dentro das quatro linhas, com polêmicas de arbitragem. Uma delas foi a decisão do juiz em retirar o cartão vermelho que havia dado a Renato Kayser, por agressão a Léo Pereira, após consulta ao VAR. O jogador do Athletico-PR, posteriormente, anotou o primeiro gol da equipe paranaense. 


Camisas do Flamengo, acessórios e muito mais: compre e ganhe brindes na melhor loja online do Mengão!


Mesmo com o tropeço, o Flamengo não tem tempo para lamentar, já que entra em campo na próxima sexta-feira (05). Na ocasião, o Mais Querido enfrenta o Atlético-GO, em partida adiada da 19ª rodada do Brasileirão. A bola rola às 21h30 (horário de Brasília), no Maracanã, e você acompanha tudo com o Coluna do Fla, na transmissão mais rubro-negra da internet, via YouTube.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *