Filme repetido: Vasco perde mais um jogo na base, tenta ‘porradaria’ e causa confusão contra o Flamengo; veja vídeo

FOTO: REPRODUÇÃO/ FLATV

Flamengo e Vasco se enfrentaram nesta quinta-feira (04), pelas quartas de final do Carioca sub-15. O Fla venceu por 4 a 1 e eliminou o rival na disputa. Sem saber perder, o cruzmaltino causou uma briga generalizada, tendo início após o atleta Ryan acertar um chute em Vitor, jogador rubro-negro.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


Com os ânimos alterados, o camisa 10 da equipe do Vasco iniciou uma confusão depois que terminou o duelo entre as equipes. O atleta deu um chute no jogador do Flamengo e causou um tumulto generalizado. Desta forma, a comissões técnicas e seguranças acalmaram os envolvidos. Logo, conseguiram controlar os jovens rapidamente.

CONFIRA O VÍDEO:

O Flamengo entrou para o jogo decisivo precisando de uma ‘remontada’, depois de ter perdido pelo placar de 3 a 0 no duelo de ida. Desta forma, a garotada rubro-negra foi com o espírito de raça e disposição atrás da classificação. David Viana duas vezes, Lorran e Pedrinho balançaram as redes para o Mais Querido e garantiram o triunfo no clássico.

Essa é a segunda vez em pouco tempo que aconteceu uma confusão envolvendo as duas equipes. Nas semana passada, houve outra briga, mas pela categoria sub-20. Naquela ocasião, o Flamengo venceu por 3 a 0, no Brasileirão. O triunfo acabou com chutes e socos, que só terminou com os seguranças controlando os jovens.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Os clubes precisam avaliar melhor esses meninos e peneirar seus comportamentos afim de evitar vexame.

  • E o moleque é camisa 10 de lá, achei q faltou alguém dar uma voadora no peito dele, não é incitando a violência, mas já fui garoto e não teria apanhado calado!!!!

  • Isso é o “TUDO” que o vasquinho tem a oferecer.
    Clube desequilibrado, finanças desequilibradas e delinquentes em campo.
    Estes delinquentes estão trazendo o seu “dia a dia” para os jogos.
    Hora de mudanças no futebol, ou teremos uma tragédia, qualquer dia desses.

  • E não vai acontecer nada com esse atleta? A federação vai fazer o que? Um absurdo, agressão despropositada. O rapaz parece não ter futebol e nem condição psicológica suficientes para permanecer nesse esporte.