Marcos Braz detona arbitragem do Brasileirão

Dirigente do Flamengo reclamou muito de pênalti não marcado em Everton Ribeiro em jogo contra o Internacional


No último sábado (20), o Flamengo venceu o Internacional por 2 a 1, em jogo válido pela 34ª rodada do Brasileirão. O resultado veio após boa atuação coletiva de um Rubro-Negro não tão mesclado quanto parecia. No entanto, mesmo com a vitória, o Mais Querido ficou na bronca com a arbitragem novamente, por lance em Everton Ribeiro. Um dos maiores críticos foi o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, que detonou o trio que apitou o confronto do Beira-Rio e, especialmente, o VAR.

Como de costume, Braz utilizou sua conta no Twitter para demonstrar indignação. Além do vídeo com o lance do pênalti, o dirigente do Flamengo soltou o verbo contra o arbitragem: “Segue assim . Que vergonha , a tecnologia está sendo esculachada”.

CONFIRA A PUBLICAÇÃO:

O lance em questão rendeu muita polêmica e poderia ter mudado os rumos do jogo no Beira-Rio. Isso porque, naquele momento, o Mengo ainda tinha o 2 a 0 no placar e, caso o pênalti tivesse sido marcado, transformaria o resultado em goleada. No entanto, o árbitro Sávio Pereira Sampaio interpretou a jogada como normal e, por pensar que não se tratava de um erro claro e manifesto, o representante do vídeo, Wagner Reway, não recomendou a revisão.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Mesmo com mais um erro contra, o Mais Querido conseguiu a vitória no Beira-Rio e garantiu mais três pontos no Brasileirão. Contudo, a vantagem do líder Atlético-MG segue de oito pontos e, com cinco jogos restantes, o título parece bem complicado. Ainda assim, o Flamengo não desiste e, na terça-feira (23), enfrenta o Grêmio na Arena do Tricolor, às 20h (horário de Brasília).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • A diretoria do Flamengo deveria entrar com queixa crime. Não é possível tanto roubo descarado desse jeito. Política e futebol se misturaram de vez, bastou o Fla se posicionar contra os abusos da rede bosta de televisão.

  • O pênalti foi claro, Everton Ribeiro foi empurrado por trás. Pode-se até desculpar o juiz por não ter visto, estava longe e o jogador do Internacional estava entre o juiz e o Everton Ribeiro, tirando-lhe a visão. É nesse momento que o VAR é importante, mas ficou calado, não alertou o juiz sobre o empurrão. O Flamengo quase amargou um empate
    Além disso, Gabigol perde um gol, cara a cara com o goleiro e em outro lance, sem ângulo chuta para fora, invés de passar para o Everton que estava em boa posição para marcar o gol. Falta de leitura do jogo, ou fominha de gol.

  • Os irmãos Sampaio derrubaram o Gaciba e seguem firmes para acabar com Flamengo e garantir o título do Galo. São duas peças desprezíveis, envergonham a arbitragem brasileira. Eu estava esperando o Sávio empatar o jogo a qualquer momento.

  • E os galinhos paraguaios continuam sendo beneficiados, contrário ao que tem ocorrido com o Mais Querido que com arbitragens tendenciosas , tão logo o jogo deles se mostre truncado e perigoso, arrumam logo um pênalti! neste caso, var e arbitragem bem “azeitados” em relação aos acontecimentos em campo! VERGONHA dessa CBF. O Flamengo precisa ser mais enérgico! Acho até que é caso de polícia! O que salta aos olhos no momento, não é apenas dinheiro, mas é ÉTICA e MORAL, princípios RELATIVIZADOS ao longo dos mais de 30 anos neste país!